terça-feira, 31 de janeiro de 2017

A alma em Cativeiro

Juntamente se encurvaram e se abateram; não puderam livrar-se da carga, mas a sua alma entrou em cativeiro. Isaías 46.2



Tanto o povo que confiava em Bel e Nebo como esses falsos deuses se encurvaram e se abateram. Aqueles que creem no que é falso descobrirão que, além de as suas cargas serem pesadas hoje, mais cedo ou mais tarde, o Dia do Juízo chegará, e eles verão que sua decisão foi a pior possível. A mentira cai por terra ante a majestade da Verdade, que é Jesus.

Como os que insistem no erro se susterão, quando a glória de Deus se revelar no seu esplendor? A mentira dura só um momento, e quem está nela sente que falta algo para lhe dar paz, poder e salvação. Os oponentes da Verdade sabem que, quando uma provação maior ocorrer, pagarão uma conta altíssima. Já quem está em Cristo vive seguro e tranquilo.

O cotidiano de quem vive fora do Evangelho é árduo, pois, por serem rebeldes, eles descobrem que suas provações não se comparam ao que sofrerão no acerto de contas. Suas cargas se manterão pesadas e, com o peso real delas, irão se tornar insuportáveis. Mas por que alguém se deixa enganar pelo inimigo, a ponto de se fechar e continuar no erro? 

Não haverá como eles se livrarem dos fardos, porque, por terem desprezado a sã doutrina, sofrerão o peso real do mal daquele a quem servem. O melhor é aproveitar a graça divina, a qual alivia a alma dos que amam o Criador e os liberta da condenação. O perdão divino é a nossa esperança agora e no rigor do julgamento diante do trono branco (Ap 20.11).
Longe de Cristo, a pessoa está fora do Reino da liberdade. Por mais que se esforce, ela se vê presa às opressões diárias. Porém, algo pior lhe sobrevirá, pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gl 6.7). A colheita das más sementes ocorrerá, e seus frutos serão uma sentença de condenação eterna. Misericórdia, Senhor! 

Se a sua mente se encontra cativa, considere isso como um SPA de cinco estrelas em relação ao que você padecerá para todo o sempre. Não somente o castigo será duro e interminável, com ranger de dentes, fogo e enxofre, como também o prejuízo de não participar da gloriosa felicidade ao lado de Jesus será imensurável. Esforce-se para não ser desclassificado para a vida eterna.

Veja o outro lado da história: em vez de provar a condenação eterna com Satanás e seus demônios, vá para Jesus; assim, você experimentará a felicidade sem fim. Deixe todo o pecado e escolha estar com o Filho de Deus para todo o sempre. Assim, você reinará pelo século dos séculos com Ele. Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

A verdade sobre o Pecado



“Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça” 
(Romanos 6.14).

    É difícil enumerar os motivos pelos quais Deus nos deu as Escrituras Sagradas, pois são muitos. Mas uma coisa é certa: Ele tinha em mente ajudar-nos a conhecê-lO e conhecer a nós mesmos, e informar-nos a respeito da nossa situação sem Cristo, bem como do que somos e podemos ser com Ele. No entanto, um dos grandes propósitos do Senhor foi informar-nos de que o pecado não terá domínio sobre nós. Como o espaço desta mensagem é pequeno, resumiremos essas informações importantes e, nos próximos estudos, veremos cada uma delas separadamente. Acompanhe comigo.

1.    LIVRES DO DOMÍNIO DO PECADO – Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus, nosso Senhor (Romanos 6.11). Quem, de fato, quiser ser do bem, caso se decida a recomeçar sua vida a partir dessa declaração, será bem-sucedido. Se o pecado tem dominado você, ore pedindo perdão a Deus pela ignorância a respeito da sua posição diante dEle e, no ato seguinte, declare-se morto para todo tipo de erro. Com essa simples decisão, você se torna livre desse terrível domínio.

2.    ACABOU O REINO DO PECADO EM SEU CORPO – Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências (Romanos 6.12). Quem se tem entregado ao pecado pode assumir agora a sua independência e não mais se curvar diante da vontade da carne. Assim, a ação de Satanás não mais reinará em parte alguma da sua vida, pois Deus fez chegar o conhecimento da verdade até você.

3.    FAÇA ESTA OFERTA – Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça (Romanos 6.13). Sendo senhor da vida de uma pessoa, o pecado faz com que ela apresente seus membros para fazer o que o diabo deseja. Para quem está no Evangelho, essa triste realidade acabou. O Senhor nos deu dupla capacidade: a de apresentar-nos a Ele como vivos, no meio de tanta gente morta – distante de Deus –, e a de oferecer os nossos membros como instrumentos de justiça.

4.    CONSIDERE-SE LIBERTO – Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça (Romanos 6.14). O domínio do pecado sobre nós acabou. Mesmo os mais consagrados servos de Deus, se não fizerem uso dessas revelações da Palavra de Deus, serão usados pelo inimigo nas suas obras imorais. É por uma única razão que estamos livres da escravidão: estamos debaixo da graça de Deus (Gálatas 5.1,18). O que você fará agora? A decisão é sua!

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Salvos pela Graça



"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus." Efésios 2.8

A excelência da salvação é que ela não vem do homem, mas é dom de Deus; por isso, é obra perfeita e boa. Não há ninguém que, tendo experimentado a salvação e alcançado o perdão de seus pecados, diga ter sido enganado. Aqueles que se deram ao pecado e se deixaram levar pelas mentiras do inimigo lastimam tê-la perdido. Até mesmo os incrédulos esperam que o Senhor seja bondoso o bastante para salvá-los no último Dia.

Deus enviou Sua graça a fim de nos conquistar para a Verdade e nos dar a felicidade eterna. Além de ser um favor imerecido, é o mover divino em prol da nossa vida e, por isso, é perfeita em sua essência e poderosa em sua missão. Os que a deixam operar em seu viver descobrem o seu valor pelo benefício que ela lhes concede. Ela está sobre todas as pessoas; no entanto, de nada lhes adiantará se não se submeterem ao Senhor.

A única maneira de a graça divina operar em favor de alguém é por meio da fé, a qual é um dom dado por Deus àqueles que dão ouvidos à Sua Palavra. A fé é a certeza que nos vem ao coração quando damos atenção ao que o Senhor nos fala. Tanto a salvação – a maior obra que o Onipotente faz em nós – como as demais bênçãos nos são concedidas deste modo: pela graça, mediante a fé. Sem a graça, nada somos; com ela, somos o que somos.

Por mais raivoso e decidido que esteja em nos destruir, o diabo não consegue impedir que a graça do Senhor alcance e liberte seus súditos. Ainda que o maligno use alguém da maneira mais torpe, se essa pessoa ouvir a Palavra e recebê-la em seu interior, em uma fração de segundos, a fé entrará no coração dela e, com a graça que já está sobre essa vida, no mesmo instante, ela será liberta se clamar ao Pai pela salvação e pelo perdão.

A partir do momento em que somos salvos, a graça de Deus passa a reinar em nós. Ela nos faz sentir libertos, perdoados e puros. Então, aquele que não tinha fé no Senhor, ou não tinha coragem de orar a Ele, pode pedir, e Jesus o batiza com o Espírito Santo. A partir de então, ele se torna verdadeiramente salvo e uma bênção para os demais. A graça divina não falhará nunca e, no grande Dia, ela nos apresentará ao grande Rei.

Eu defino a graça como o poder de Deus em ação em favor do homem. Uma vez tendo-a recebido, ela jamais o deixará. Esse estado espiritual fará com que você ande no meio do pecado e das forças das trevas sem que nada o atinja. Dessa maneira, as promessas divinas lhe são confirmadas, o seu ministério se alarga, e você passa a fazer coisas que jamais julgou possíveis, cumprindo a sua chamada.

Todos deveriam assumir esse dom de Deus, pois é o único meio de abundarem em boas obras. Se fizer isso, você será um obreiro de valor e, quando o inimigo o tentar, logo perceberá e sairá da investida maligna sem nenhum sentimento de culpa. O valor da graça é imensurável, mas é mediante a fé que ela opera todas as coisas em nós e por nós.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

R R Soares em Curitiba, dia 11/01/2017


          ATENÇÃO CURITIBA e Região Metropolitana


O Missionário R. R. Soares estará em nossa Sede Estadual na Rua Nilo Cairo, 350, no dia 11 de JANEIRO de 2017, 
às 09:30hs e 14:00hs.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores