sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Óleo consagrado pelo Pr. Jayme de Amorim



Neste domingo, dia 30 de agosto, em todas as Igrejas da Graça de Deus, será entregue o óleo consagrado pelo Pr. Jayme de Amorim. 

Aqui em Piraquara-PR, serão duas reuniões de Fé, as 9:00hs e 18:00hs, na Av. Getúlio Vargas, 756 - Centro.

                                      Pr. Jayme de Amorim

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Mandamento muito importante



"Não deis lugar ao diabo." Efésios 4.27

Como bom Pai, o Senhor jamais nos orientaria a fazer algo que não fosse importante. Ao cumprir o que lhe for mandado, você descobrirá que não só fez a sua parte na Aliança, mas também aprendeu algo que, de outra forma, jamais teria descoberto. Os que não dão ouvidos às ordens divinas não sabem quantas lições preciosas perdem. Ora, os mandamentos são como exercícios para fortalecer o nosso homem interior.

A ordem para não dar lugar ao diabo é de uma grandeza incalculável. Ora, tendo sido liberto do império das trevas, nada do inimigo foi deixado em sua vida. No entanto, o diabo, não podendo mais entrar em seu território, irá esforçar-se para, de alguma forma, fazer com que você abra a porta para ele. Se você se calar ante uma tentação, e não expurgar o que o maligno lhe envia, aquilo fará com que ele invada seu espaço e você pratique a suja vontade dele.

Portanto, não aceite nenhuma enfermidade como se fosse algo normal, nem pensamento pecaminoso, tampouco desejo proibido. Você é observado pelo mundo espiritual 24 horas por dia, sete dias por semana. Jesus declarou: Eu porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela (Mt 5.28). Veja se em você há algo errado e, mesmo que seja pequeno, livre-se dele já.

Tem de haver pelo menos uma razão para as coisas darem errado na vida de quem é membro do Corpo de Cristo. Se não existir uma causa, como poderá haver algum efeito? Somos orientados a ocuparmos a nossa mente somente com aquilo que for verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, de boa fama, que tem alguma virtude, ou louvor (Fp 4.8). Não seja negativo, imundo, nem discrimine as pessoas por qualquer razão.

Todo cuidado é pouco! O Altíssimo diz que não se deve dar lugar ao maligno. Se você é fraco diante de uma tentação, use a sua autoridade em Cristo para subjugar isso. O inimigo procura uma porta por menor que seja para invadir a sua vida e fazer de você um de seus escravos. Não colabore com Satanás. Você alcançou a mais alta posição que uma pessoa poderia ter na vida – a de servo de Deus –, por isso jamais desonre Aquele que o aceitou como filho.

Decida falar com o Senhor a respeito de tudo o que lhe ocorre; mesmo as coisas mais íntimas devem ser levadas a Ele. Afinal, o Pai sabe de tudo. Contudo, se tentar esconder algo, a comunhão entre você e o Altíssimo já estará cortada. O seu futuro é lindo, pois, em Jesus, você é uma extensão de Deus aqui e na eternidade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

A Lei da Remissão




"Livremente lhe darás, e que o teu coração não seja maligno, quando lhe deres; pois por esta causa te abençoará o SENHOR, teu Deus, em toda a tua obra e em tudo no que puseres a tua mão" (Deuteronômio 15.10).

Deus não queria que houvesse nenhum pobre no meio do Seu povo. Para isso, Ele criou a lei da remissão, pela qual, a cada sete anos, seria perdoada a dívida de todo israelita. O rico que não a cumprisse estaria em transgressão, e, se o endividado clamasse ao Senhor, Ele viria e acertaria as contas com quem transgrediu Sua ordem.

Será que, hoje, o Senhor fica feliz em ver tantos miseráveis em Sua casa? Claro que não. A lei da remissão, hoje, não precisa esperar sete anos para entrar em ação. Os homens de Deus devem exercê-la todos os dias e libertar o povo santo dessa maldição. Naquele tempo, ela era física; atualmente, é espiritual. Os que viviam na miséria dependiam da boa vontade dos judeus ricos; hoje, dependem da fé do ministro do Evangelho.

Jesus declarou que uma das vertentes do Seu ministério era pôr em liberdade os cativos (Lucas 4.18,19). Hoje, não se pode transformar o Evangelho em uma seita filosófica. É preciso ver que as Boas-Novas são o poder divino. Mas que poder é esse, se muitas pessoas dizem estar em Cristo, mas vivem como se estivessem no diabo? Por todo lado, ouve-se acerca de outras que estão em pecado, presas em sofrimentos, com o casamento abalado ou destruído, no adultério, na mentira, na miséria e em tantos vícios. Afinal de contas, onde está o poder que Jesus disse que havia concedido aos Seus discípulos? Ou será que aqueles que se dizem cristãos mentem?

O preço da redenção de todos já foi pago. Se a obra foi feita, por que as pessoas ainda sofrem? Será que estamos, de fato, servindo a Deus, ou apenas nos enganando? Eu penso que temos transformado a Palavra, que veio para nos dar vida em abundância (João 10.10), em apenas mais uma religião. Na prática, para muitos, a Bíblia acaba aproximando-se das falsas religiões, que prometem muito, cobram demais e nada têm a dar. Não se engane: o Evangelho não é religião; é o poder do Senhor! É preciso voltar ao amor de Deus revelado em Cristo, parar de brincar de fé e começar a fazer o que o Senhor ensinou.

A minha oração é que a Igreja de Jesus pare de ser um clube social. Que ela esqueça os métodos e as práticas que os "sábios" criaram a fim de enchê-la de pessoas, pois esse não é o propósito do Senhor. Ele não nos mandou encher os templos de religiosos. Antes, enviou-nos a pregar o mesmo que Jesus pregava. No passado, era Ele quem acrescentava os que deveriam ser salvos, e, ainda hoje, quer ter essa primazia.

Confie: Deus sabe edificar Sua Igreja! Aproveite o tempo, pois vivemos em uma época ímpar: com nosso testemunho, podemos levar as pessoas à Palavra, para que sejam libertas de todas as opressões. Que privilégio!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Coisas que Deus não fará



"Não escondas de mim o teu rosto no dia da minha angústia; inclina para mim os teus ouvidos; no dia em que eu clamar, ouve-me depressa. Porque os meus dias se consomem como fumaça, e os meus ossos ardem como lenha." Salmo 102.2,3


A oração de Davi é como uma série de declarações daquilo que o Senhor Deus não fará. Ele não pode negar Sua Palavra, e todas as Suas promessas certamente serão cumpridas (Jr 33.14). O Altíssimo jamais esconderá Seu rosto nem tirará Sua atenção daqueles que são dEle. Portanto, ao ser atacado por qualquer mal, não deixe o tentador convencê-lo do contrário.

Deus tem Seu rosto inclinado para aquele que nEle confia. Ora, se dependesse apenas dEle, nunca seríamos afligidos pelos dardos inflamados do inimigo. Entretanto, como nem sempre damos a devida atenção à Sua Palavra, Seus avisos passam despercebidos, abrindo brecha para o maligno atingir-nos. Diante disso, por que gastamos tanto tempo com coisas fúteis, e não temos disponibilidade para ler a Bíblia e orar?

Aqueles que vivem aos pés do Senhor, honram Seus mandamentos e se empenham para fazer Sua vontade têm suas súplicas ouvidas rapidamente. Todavia, os que estão brincando com os assuntos espirituais, não veem tanta maldade no maligno e não fazem o que lhes é ordenado abrem a guarda para os ataques do diabo e, quando clamam, não conseguem ser atendidos.

Ora, Deus sabe de tudo. Ele revelou ao salmista que os dias do homem sobre a Terra se consomem como fumaça; porém, parece haver pessoas que se acham eternas. É triste constatar que várias ficarão desesperadas ao se olharem no espelho e virem as marcas da idade, sentindo que não estão conseguindo ter realizações na vida. Infelizmente, muitos não chegarão ao arrependimento, pois a vaidade os cobre com a capa do engano.

As pessoas precisam despertar para o fato de que devem buscar o Senhor. Assim, Ele não deixará que os ossos delas ardam como lenha. Deus pode e fará o que for necessário para ajudar quem deseja ser ajudado. A humanidade está caminhando a passos largos para a destruição eterna, mas, agora, é a hora de quem tem juízo abrir o coração e voltar para o Altíssimo, que é riquíssimo em perdoar.

Se você procurar o Pai celeste, receberá o que seu coração deseja. Então, com a paz que inundará seu ser, você poderá enfrentar todas as forças infernais que se lançarem contra sua vida ou sua família, vencendo-as. Portanto, faça a oração desse Salmo e prove o amor divino em ação. Deus quer somente seu bem e, por isso, irá atendê-lo assim que você entregar sua vida nas mãos dEle.

Tome a decisão certa! Não deixe de buscar Aquele que o criou. Pobre de quem se revoltar contra o Senhor, pois, um dia, será julgado. Lembre-se de que Jesus, que, hoje, é seu Advogado, será seu Juiz naquele Dia (2 Tm 4.1). O que você fará?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores