quarta-feira, 30 de abril de 2014

Importante Obra



"Então, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé." Gálatas 6.10

O relógio que assinala o final da nossa operação se aproxima da marca final e, quando o momento chegar, a última trombeta soará (1 Co 15.52). Com isso, não teremos mais oportunidade de fazer o bem nem de levar a doce Palavra aos corações. Líderes de religiões que negaram o Senhor Jesus se desesperarão, pois ficará constatado que aquilo que ensinaram era falso. Porém, os que nasceram de novo se regozijarão por terem sido escolhidos para participar do eterno Reino de Deus.

Entre os salvos, muitos entrarão em desespero por não terem aproveitado a graça que lhes foi dada. Ao recebermos essa infusão do amor divino, fomos capacitados a fazer a obra da mesma maneira que Jesus a realizava. Porém, por causa dos cuidados da vida, a fascinação das riquezas e a ambição, a Palavra enviada a nós ficou infrutífera e, assim, os perdidos e o Reino de Deus deixaram de ser beneficiados.

O tempo para que façamos o bem está esgotando-se. Nos Céus, não encontraremos ninguém perturbado para ser liberto, nem doente para ser curado. Os dons do Espírito Santo devem ser usados agora ou, quando chegar o grande Dia, poderemos não ser admitidos por causa do que não fizemos com os talentos confiados a nós (Mt 25.14-46). Por que correr atrás do que é vão? Quem ensinar a justiça a muitas pessoas resplandecerá, para sempre e eternamente, como as estrelas (Dn 12.3).

Todo indivíduo salvo por Jesus se encontra sob o mandamento de fazer o bem, pois Ele nos tirou do império das trevas e nos equipou com Seu poder para que façamos a Sua obra (Cl 1.13). O exemplo nos foi dado pelo Mestre, o qual andou por toda a parte fazendo o bem e livrando os oprimidos do diabo. Portanto, não teremos desculpas no Dia do acerto de contas; e os que preferiram andar em pecado haverão de se arrepender tremendamente, porém será tarde demais.

A Escritura diz que devemos encher-nos do Espírito Santo (Ef 5.18), e, para tanto, temos de clamar por isso, pois todo aquele que pede recebe, o que busca encontra, e o que bate terá a porta aberta para si (Lc 11.9,10). Nenhuma desculpa será aceita, nem mesmo se você teve de cuidar de seus pais 24 horas por dia. Não se deixe enganar, pois a Palavra que lhe foi dada traz consigo o poder para operar o que lhe anunciou (Is 55.11). Cuidado para não ser responsabilizado por quem o Pai lhe confiou e se perdeu.

Não há obra mais importante a realizar do que fazer o que Jesus nos ensinou – o bem –, pois quem segue as pisadas do Mestre será recompensado. Não importa a quem, onde e quando; ao sentir o impulso divino, vá e liberte os perdidos e leve-os para a casa do Pai. Afinal, só quem nasceu de novo pode gerar filhos espirituais; eles são herança do nosso Deus. Não se deixe iludir pelo inimigo, que não tem condições de fazer a obra.

Você foi ungido para evangelizar os pobres, curar os quebrantados do coração, dar vista aos cegos, pôr em liberdade os oprimidos e anunciar o ano aceitável do Senhor (Is 61.1-3). O Pai espera que você cumpra o mandamento que lhe foi dado; por isso, não se furte de fazer o bem a quem dele precise, pois na sua mão está a virtude para libertar os oprimidos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 26 de abril de 2014

R R Soarres - 120 A chamada de Josué


" Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, disse o Senhor a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés: "Meu servo Moisés está morto. Agora, pois, você e todo este povo preparem-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que eu estou para dar aos israelitas.""

Josué 1.1-2

Assim como Josué atravessou o rio Jordão por ordem do Senhor, entre pela Porta estreita - JESUS - para fazer parte do Reino de Deus.


segunda-feira, 21 de abril de 2014

R R Soares - 121 E despertaram JESUS

Mensagem 121

E despertaram JESUS


"E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia. E ele estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te dá que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança."

Marcos 4:37-39

Seja um vencedor em qualquer situação, tendo o Senhor Jesus em sua vida.


segunda-feira, 14 de abril de 2014

Não abandone a sua confiança



“Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão” Hebreus 10.35.


Algumas pessoas fazem grande mal a si mesmas ao rejeitar a confiança que lhes foi dada pela Palavra de Deus, o que soa como uma declaração de que não acreditam no que o Senhor lhes fala. Rejeitar a revelação divina é como confessar que, de fato, não se crê no que o Altíssimo diz, e quem procede dessa forma encontra-se em uma posição ruim. No entanto, os que dão ouvidos ao que a Bíblia ensina têm suas almas inundadas por uma segurança que o homem natural jamais possuirá.

Ao confiar em Deus, a pessoa deve assumir todos os ensinamentos segundo Sua vontade, e, para isso, o ideal é ficar atento quando alguém ministra a Palavra e lê a Bíblia, pois assim o Senhor fala ao coração dos Seus filhos. O que o Altíssimo revela é Sua vontade, a qual constitui mandamento para nós. Logo, confiar em Deus fará com que Suas promessas sejam confirmadas e realizadas em sua vida.

Além disso, a confiança vem com uma missão: habilitar-nos a receber um avultado galardão. Contudo, os que não se importam com isso e passam a agir de outros modos, ainda que limpos e, aparentemente, com comportamento bíblico, verão que, no final, há prejuízo, pois, além de não receberem o que lhes foi prometido, trabalharam inutilmente.

Deus recompensará somente aqueles que usarem a fé. Quem teima em agir de modo diverso ao ensinado pelo Senhor haverá de amargar grandes decepções; já os que se dão completamente ao cumprimento da orientação divina descobrirão que não somente foram fiéis e bem-sucedidos, mas também agraciados por terem acreditado no que Ele revelou.


Está claro, portanto, que a vitória depende da sua atitude. Se você não rejeitar a confiança, Deus confirmará Sua boa Palavra; do contrário, verá que teve a pior atitude, pois só vence quem confia no que a infalível Palavra de Deus orienta. Quem fizer o que a Bíblia ensina descobrirá que, sem dúvida, esse era o melhor caminho para ser feliz e bem-sucedido.

Na verdade, é fácil dizer que você ama a Deus; entretanto, por mais bem-intencionadas que suas declarações sejam, se você rejeita a certeza que invade sua alma após ter dado ouvidos ao Senhor, qualquer atitude é como o ato de fazer buracos na água. Por isso, fique atento ao que o inimigo pode tentar fazer, pois ele irá esforçar-se você desprezar sua confiança. Você prova que ama a Deus pela atitude diante dos problemas. Então, agora, tenha a postura de vencedor, dirija-se ao mal e, destemidamente, repreenda-o, ordenando que ele vá embora.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares.

Salmo 20


domingo, 13 de abril de 2014

R R Soares - 120 Eneias, Jesus Cristo te dá saúde!

Mensagem 120

Eneias, Jesus Cristo te dá saúde!


" E achou ali certo homem chamado Eneias, jazendo numa cama havia oito anos, o qual era paralítico. E disse-lhe Pedro: Eneias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou." Atos 9.33,34

Creia que o impossível pode acontecer, aceite sua bênção e, em Nome de Jesus, levante-se.



A importância da frequência na Igreja


A IMPORTÂNCIA DA FREQUÊNCIA NA IGREJA

1. É uma ordem de Deus. Não é só um mero conselho. Não é algo optativo; é tão obrigatório quanto qualquer um dos mandamentos feitos por Ele.
Não é simplesmente o desejo do pastor; é uma ordem de Deus a qual não se pode menosprezar. Pigarrear, gaguejar e dar desculpas é responder a Deus. "Mas ó homem, quem és tu, que a Deus replicas". Neste versículo Deus e o homem são apresentados num contraste bem delineado, Deus em sua infinita grandeza, santidade, poder e sabedoria, o homem, em sua pequenez e ignorância infinitesimal. No grego há uma ênfase forte no "tu". Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas". Será um dia feliz para alguns de nós se Deus marcar este texto em nossos corações, para que nunca possamos esquecê-lo. Se Deus deixar por nossa conta criticá-lO e por objeção aos Seus mandamentos isto nos será fatal. E Deus pode fazer tal coisa. Atos 14:16 e Romanos 9:18. Ó homem, quem és tu afinal de contas? E quem é Deus?
Como indivíduo, o homem é só um dos mais de 2 bilhões e 500 milhões de seres humanos que habitam o globo terrestre. E o que é este globo ao qual chamamos terra? Nada mais que um pontinho nesta parte do universo que conhecemos. A terra é tão pequena que se o sol fosse oco, poderíamos enchê-lo de 1.200.000 terras como a nossa e ainda haveria espaço para usá-lo como chocalho. O sol também é muito pequeno se o compararmos com algumas outras estrelas cujas medidas foram tomadas recentemente. E sabemos que ainda há 255 milhões destes mundos imensos que chamamos estrelas e foi Deus que as fez. Será que você tem coragem de desafiar a Deus e dizer que Seus mandamentos são ofensivos?
2. É uma maneira de nos encorajarmos mutuamente: "Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros". De todas as pessoas, as que mais precisam de ajuda e encorajamento, são aquelas que amam sua igreja e querem vê-la prosperar em sua obra para Cristo. A igreja é uma fábrica para Cristo, e todos os membros precisam estar em seus postos. A igreja é uma escola de instrução religiosa e todos os seus membros devem ser alunos fiéis.
A igreja é um farol para Cristo e cada membro precisa deixar sua luz brilhar diante dos homens, para que eles vejam suas boas obras e glorifiquem a Deus. É pecado colocar nossa luz em baixo do velador ou da cama, e é isto o que as pessoas fazem, quando tentam esconder as coisas boas que fazem. É claro que não precisamos fazer um desfile de nossas boas obras, a fim de receber o louvor dos homens, mas devemos praticá-las diante dos homens, para que Deus seja louvado. Se o motivo for errado ao mostrá-las para nossa própria glória, também é errado escondê-las fingindo humildade.
Se eu apoiar minha igreja ou fizer algo para seu bem, e ninguém souber, como é que isto vai servir de encorajamento para alguém?
Negligenciar a freqüência à igreja, e eu me refiro a freqüência regular, a freqüência a todos os cultos, é a coisa mais ridícula e sem sentido que uma pessoa pode fazer.
É como empregar um mestre de obras e não dar-lhe nenhum pedreiro. Ou como nomear um general sem dar-lhe nenhum soldado. Ou contratar um pastor sem dar-lhe nenhuma ovelha para cuidar. Ou como um líder sem nenhum seguidor. Ou como arranjar um professor sem nenhum aluno para ser ensinado. Ou como um médico sem paciente para ser tratado.
O pastor tem estas várias ocupações em seu ministério espiritual. Ele é pastor, professor, ministro, capitão, e líder das hostes espirituais, mas o que vai fazer sem seu exército? O que um pastor pode fazer sem diáconos? E um superintendente da Escola Dominical sem professor? Ou um pregador sem ouvintes?
Cada membro deve sentir como obrigação estar em seu lugar no banco da igreja, do mesmo modo que o pastor no púlpito. Não há nada que desanime mais o pastor do que enfrentar bancos vazios. Não é a oposição do mundo exterior que fere o coração do pastor; é a ausência daqueles que um dia fizeram uma promessa a Deus.
Acho que nenhum nome pode se destacar mais como representante de devoção a Deus e coragem consagrada do que o de Paulo. Ele foi, pelo menos aproximadamente, tudo o que qualquer ministro fiel espera se tornar. Quase sempre se encontrava no meio de inimigos e mesmo assim, ninguém foi mais dependente do que ele da ajuda compassiva dos seus seguidores. Sabemos como ele lamentou a partida de Demas. Suas palavras parecem molhadas de lágrimas ao dizer: "Porque Demas me desamparou, amando o presente século". E quase nas últimas palavras que escreveu, disse a Timóteo: "Procura vir antes do inverno".
Escrevendo aos Coríntios, o grande apóstolo disse: "Ora, quando cheguei a Troás para pregar o evangelho de Cristo, e abrindo-se-me uma porta no Senhor, não tive descanso no meu espírito, porque não achei ali meu irmão Tito; mas despedindo-me deles, parti para Macedonia". Paulo tinha uma porta aberta em Troás, mas sentia-se tão deprimido com a ausência de Tito, que não podia pregar. Onde está o pregador chamado por Deus, que não entenda o significado da ausência de Tito? Talvez ele seja um diácono de quem o pastor dependa. Ou alguém sem posição oficial, talvez uma mulher santa, cuja freqüência regular, é esperada e quando ausente o pastor entra num estado de depressão. A ausência dos fiéis faz o pastor sentir como se a igreja estivesse vazia.
3. Não pode haver igreja sem a freqüência do povo. A palavra "igreja" significa assembléia; e assembléia é uma congregação de pessoas. Se os membros não se reunirem, não poderá haver uma igreja.
Talvez haja uma igreja sem dinheiro, porque os membros podem se reunir nas casas, em baixo das árvores ou mesmo ao ar livre, mas não pode haver uma igreja sem os membros se reunirem. Estou dizendo isto, não para diminuir o valor do dinheiro, mas para magnificar a freqüência à igreja.
Em algumas igrejas pode haver os que dão ofertas enormes, os quais parecem tão importantes, porém o mais importante é a freqüência regular deles na igreja. Precisamos de membros fiéis que se reúnem conosco.
Falo de coração ao dizer que se você puder dar dinheiro e vir à igreja ao mesmo tempo, se tiver que deixar de fazer um dos dois, então deixe o dinheiro de lado e venha à igreja!

sábado, 12 de abril de 2014

Santa Ceia do Senhor - ABRIL de 2014



Convidamos você e sua família para participar da Reunião Especial de Santa Ceia neste Domingo, dia 13/04/2014 às 08:30hs, na Igreja Internacional da Graça de Deus em Piraquara.

Contamos com sua preciosa presença.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara

Av. Getulio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - Pr
Fone: (41) 3673-4412 

domingo, 6 de abril de 2014

O Espírito é o Sinal

O ESPÍRITO É O SINAL

E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós: pelo Espírito que nos tem dado. 1 Jo3.24.
Ao resistir à chamada divina, o cristão comete o grande erro de se excluir da proteção de Deus, abrindo-se para todo tipo de ação maligna. É prejuízo certo viver segundo o mundo, pois quem nele está nunca receberá o batismo no Espírito Santo. Quando o salvo é batizado no Espírito, ele é envolvido pelo Senhor e, com isso, não há um só espaço para o inimigo ocupar a vida dele. A Escritura declara que quem não tem o Espírito de Deus não pertence a Ele (1 Jo 4.6).
A pessoa que não recebeu Jesus, além de viver fora da maravilhosa proteção de Deus, tem muitas perdas por continuar debaixo da ação das forças das trevas. Já aqueles que entregaram a vida a Cristo passam a conviver em um ambiente sadio, onde as ações do inimigo não ocorrem. Eles são guardados das tentações e das investidas do espírito da perversidade. Os que recusam a salvação precisam ser avisados de que não estão “neutros”, mas, sim, sob o governo do diabo.
Há um sinal que caracteriza a pessoa que ainda é súdita do império da maldade: ela não consegue guardar os mandamentos de Deus. Os governados pelo espírito do erro não têm habilidade para cumprir nenhum preceito divino; porém, os que nascem de novo se livram para sempre das opressões do diabo e suas tentações. Seria bom que todas as pessoas se avaliassem para saber se estão servindo a Deus ou a Satanás.
Pode parecer simples, mas o ato de cumprir o que Deus tem ordenado é prova da filiação da pessoa na família divina. Os salvos não veem problema em fazer o que o Mestre ordena; entretanto, os perdidos, mesmo que se esforcem tremendamente, não conseguem obedecer ao Senhor, fazendo, assim, o que o maligno deseja e dando-se à prática dos piores erros. Somente os remidos pelo sangue de Cristo experimentam o prazer de servir a Deus!
Quando o cristão descobre que está em Deus e Deus nele, pode assumir tudo o que as Escrituras declaram ser dele. Não há nem haverá uma só batalha que essa pessoa não consiga vencer. Há dois fatores que identificam se você está salvo ou não: quando o inimigo perde por completo o poder de afligi-lo e as operações ilimitadas do Senhor se tornam comum em sua vida. Sem dúvida, ser salvo é infinitamente melhor do que continuar nas mãos do diabo.
O salvo não tem dúvida de que pertence a Deus, uma vez que sabe que ele está no Pai e o Pai nele, pois recebeu do Seu Espírito (1 Jo 4.13). No entanto, quem não tem o Espírito Santo ainda não alcançou essa bênção. Os que são marcados com a Promessa do Alto são corajosos, falam positivamente, não se dobram diante da tentação e, por estarem em Deus, estão preparados para vencer todos os combates.
Aqueles que foram selados com o Consolador não só podem, como também devem se declarar livres de toda opressão, pois receberam o poder necessário para fazer valer seus direitos. A quem crê o Todo-Poderoso deu autoridade para pisar sobre todo o poder do inimigo. Aqueles que aceitam as investidas do diabo ainda não estão salvos ou se encontram em pecado.
PENSE NISSO!

sábado, 5 de abril de 2014

Quando chegará o tempo?

QUANDO CHEGARÁ O TEMPO?

Olhai, vigiai e orai, porque não sabeis quando chegará o tempo. Mc 13.33
 
O Criador tem estabelecido tempos pelo Seu poder, e tudo o que Ele determinou em Sua Palavra se cumprirá. Ainda que toda a humanidade se una para inviabilizar o plano divino, ela não terá sucesso. A presciência do Pai é perfeita, por isso as advertências dEle devem ser levadas a sério. Aqueles que não derem crédito ao que o Todo-Poderoso diz verão que tomaram a pior decisão; portanto, seja sábio e não saia da sua posição em Cristo.
Sem a revelação divina, ninguém consegue entender o porquê de Deus estipular tempos para que certos fenômenos ocorram. Essa revelação é primordial para entendermos o que está escrito; caso contrário, passaríamos pela vida sem compreender e usufruir o lado bom de tudo o que foi planejado. A pessoa que for orientada pelo Altíssimo jamais tropeçará, pois o Senhor já pensou nela ao fazer Suas determinações. O bom é que o Pai sempre quer ser seu Amigo!
Jamais aceite qualquer pensamento de que Deus possa ter-Se equivocado ao fazer certas afirmativas, pois tudo o que foi registrado nas Escrituras tem 100% de acerto. Por isso, creia no que o Onipotente declara, uma vez que nada do que Ele disse deixará de ser realizado. O Altíssimo vela sobre Sua Palavra, e, ainda que o Céu e a Terra passem, ela permanecerá (Mc 13.31).
Se todos os sábios deste mundo planejassem frustrar um só dos planos do Senhor, veríamos a maior estupidez ser realizada, pois ninguém pode impedir que os propósitos de Deus se concretizem. Tudo pode passar ou falhar nesta vida, mas as revelações do Livro Santo não. Na Bíblia, há a direção completa para escaparmos de tudo o que virá. Lembre-se: com Deus, você sempre estará bem!
Estamos falando do Ser que é perfeito e possui todas as habilidades. Por esse motivo, todas as Suas palavras devem ser aceitas como Verdade. O Senhor jamais diria algo que tivesse alguma possibilidade de fracasso, pois não há falhas em Suas decisões. Os que se deixarem levar pelas dúvidas serão infelizes ao fazerem suas escolhas. Assim como ocorreu nos dias de Noé, também acontecerá em nosso tempo.
Leve a sério as orientações bíblicas, porque são dadas por quem é completo em Si mesmo. As decisões do Onipotente não são tomadas devido às circunstâncias de última hora, mas por serem verdadeiras. Nas Escrituras, há inúmeros exemplos de pessoas que acreditaram no que o Senhor disse e não se decepcionaram, mas, sim, saíram vencedoras. O correto é vigiar e orar em todo o tempo, pois não sabemos quando as profecias divinas se cumprirão.
Aqueles que não deram crédito ao que o Criador lhes dizia por intermédio de Noé, ao verem a revelação cumprida, pagaram um preço alto. Nunca houve uma só palavra do Senhor que não se tenha concretizado. Em nossos dias, não será diferente, pois elas se cumprirão também na sua total extensão. Fique alerta e em oração, ou você será surpreendido. Por certo, chegará o dia em que ninguém mais poderá trabalhar (Jo 9.4).
Pense nisso!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores