sábado, 4 de janeiro de 2014

Decisão de Rei




"E o rei se pôs em pé junto à coluna e fez o concerto perante o SENHOR, para andarem com o SENHOR, e guardarem os seus mandamentos, e os seus testemunhos, e os seus estatutos, com todo o coração e com toda a alma, confirmando as palavras deste concerto, que estavam escritas naquele livro; e todo o povo esteve por este concerto." 2 Reis 23.3


Aquele que tem o comando da casa, da igreja ou da sociedade deve colocar-se em pé junto à coluna – nesse caso, a revelação da divina Palavra, aquela que abre o entendimento e traz a fé. Afinal, sem o apoio de Deus, não se obtém êxito. Cristo afirmou que, sem Ele – a divina Palavra –, nada podemos fazer (Jo 15.5). Portanto, coloque-se em pé na coluna que o Senhor lhe mostrar.

Se o mal entrou em sua vida, consciente ou inconscientemente, houve desprezo à Palavra. Nesse caso, não basta reconhecer o fracasso, mas fazer um concerto com o Senhor, assim como fez com Jacó, o qual erigiu a pedra – que lhe servira de travesseiro – como coluna da casa de Deus (Gn 28.18). A aliança deve ser feita diante do Altíssimo, de modo solene, com uma oração firme e na presença das demais pessoas. Depois disso, vigie para não se esquecer do pacto.

Em sua aliança com o Todo-Poderoso, você não deve pedir nada, mas reafirmar o que tem aprendido que é seu, bem como sua responsabilidade. A partir de então, você deve sempre se lembrar do que foi falado diante do Senhor. Não faça votos tolos, de quem não sabe o que a Palavra de Deus lhe pede. O Altíssimo não aceita nada que Ele, primeiro, não o tenha inspirado a fazer.

O seu concerto deve ser para andar com Deus, e o importante nessa caminhada é guardar os mandamentos dEle, Seus testemunhos e estatutos (Pv 7.2). Jamais lhe será pedido algo além das suas forças. Ao guardar as condições estabelecidas pelo Senhor, você aprenderá aquilo de que jamais teria conhecimento de outro modo. Quem é fiel às ordens divinas se torna conhecedor dos segredos da fé.

Não há outro meio de servir a Deus, a não ser com todo o coração e com toda a alma (Lc 10.27). Engana-se quem julga estar servindo a Ele por ir sempre à igreja. Ora, não importa sua frequência nas reuniões, e sim sua frequência na verdadeira casa do Senhor – a Palavra. Quando a tentação se aproximar, lembre-se do que está escrito no Santo Livro.

Confirme as palavras da aliança de Deus. Aquilo que Ele colocou na Nova Aliança deve ser assumido em todo o tempo. Não aceite enfermidade, dor, desejo pecaminoso nem tentação de qualquer ordem, pois Jesus já pagou o preço para que você tenha uma vida limpa e santa (1 Tm 2.5,6). Portanto, jamais se afaste do padrão do Novo Testamento.

Finalmente, cumpra tudo o que lhe for ministrado na Bíblia Sagrada. As promessas e os mandamentos têm em você o endereço. Só há uma condição para viver na plenitude das bênçãos: ser servo de Deus, cumprindo com dedicação os mandamentos divinos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores