segunda-feira, 7 de outubro de 2013

O fator incredulidade




"E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade". Hebreus 3.19

Como qualquer um de nós, o Senhor também não fica nada satisfeito com aquele que bate a porta na face dEle. A incredulidade é a pior desfeita que uma pessoa pode fazer a Deus. Por ser sábio, o Altíssimo sabe revelar-Se a ela e, ao mesmo tempo, levá-la a crer no que Ele diz para que possa abençoá-la. Contudo, por não vigiar, ela se deixa levar pelo demônio e prefere agir na incredulidade.

Com mão forte, o Senhor tirou do Egito os filhos de Israel e, com essa mesma mão, tirou-nos do império das trevas (Cl 1.13). A nossa salvação não ocorreu de qualquer maneira, mas foi obra de Quem é perfeito e Todo-Poderoso ao mesmo tempo. Assim como os israelitas se deram à incredulidade, muitas vezes, nós também deixamos esse sentimento maligno tomar conta do nosso coração.

No entanto, os israelitas incrédulos não ficaram sem o devido castigo. Por causa da maldade do seu coração, tiveram de caminhar durante 40 anos pelo deserto. Quantas pessoas têm vagado de um lado para o outro por não crerem no fato de que Deus é poderoso para ajudá-las e cumprir Suas promessas na vida delas. Somente os filhos daqueles homens maldosos entraram em Canaã; assim mesmo, após seus pais morrerem.

Josué foi grande diante do Altíssimo. Ele aprendeu com Moisés por 40 anos a confiar no Onipotente. Chegou o tempo em que as tribos de Israel deveriam assumir a Terra da Promessa. O sucessor de Moisés foi brilhante, pois conseguiu colocar todo o povo na Terra Santa. Porém, já idoso, ouviu o Senhor dizer-lhe que ainda havia muita terra a ser conquistada. De algum modo, ele não creu completamente. Será que estamos fazendo o mesmo?

O pai do garoto que sofria de epilepsia (Mc 9) reconheceu que esse era o seu problema. Durante quantos anos aquele menino quis tirar a própria vida no fogo e na água, e quantas lágrimas trouxe para os seus pais? Ninguém expulsava o demônio dele, nem mesmo os discípulos de Jesus conseguiram tal feito. Entretanto, quando o pai teve um encontro com Jesus, chorou muitíssimo e pediu que o auxiliasse em sua incredulidade.

Tomé teve o privilégio de ser contado entre os 12. Ele andou com Jesus, ouviu aquela voz maravilhosa muitas vezes, aprendeu com o Mestre dos mestres, viu todo o tipo de operação milagrosa ocorrer. No entanto, após ressuscitar, o Senhor Se revelou onde os outros discípulos estavam reunidos. Mais tarde, ao saber disso, Tomé disse que não cria a menos que visse o lugar dos cravos e o buraco da espada que perfurou o corpo de Cristo.

A incredulidade tem impedido a Igreja do Senhor de avançar na ocupação da terra que lhe foi dada. Alguns servos não aceitam que uma das missões deles é prosperar e financiar a obra de Deus. Eles se acham donos do que possuem, e, por isso, a incredulidade de seus corações paralisa a mão divina e os impedem de conseguir mais.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 17 de agosto de 2013

R R Soares - 119 Filipe em Samaria

Mensagem 119

Filipe em Samaria


"E, descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo. E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia." Atos 8.5,6

Assim como Filipe anunciava o Evangelho a todas as pessoas, leve as Boas-Novas aos necessitados.


sexta-feira, 2 de agosto de 2013

R R Soares - 118 A mulher hemorrágica

Mensagem 118

A mulher hemorrágica


"Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua vestimenta. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei..." Marcos 5.27,28


Seguindo a fórmula Divina



"E, assim, cada um ande como Deus lhe repartiu, cada um, como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as igrejas".1 Coríntios 7.17



O que atrapalha muitas pessoas que se esforçam para andar na fé em Cristo é a inveja, a cobiça e o desejo de ser o que o Senhor não as chamou para tal. Isso se vê em toda parte, até mesmo no ministério. Há quem pense que um pastor só é abençoado se a igreja dele tiver centenas ou milhares de membros. Ora, Deus usa Seus servos como quer; alguns Ele prepara e coloca em um pequeno grupo para uma missão especial.

É mandamento andarmos como Deus nos repartiu. O que seria do mundo se todos fossem médicos? Quem construiria os hospitais? Ou se todos fossem policiais, quem limparia as nossas ruas? E assim por diante. Ele nos separa para atuarmos nas mais diversas funções e profissões conforme Lhe agrada. É bom saber onde o Criador quer que você atue; então, execute o serviço como se estivesse fazendo diretamente a Ele.

Não é fácil viver sem a direção divina. Os perdidos correm de um lado para o outro, buscando vencer aqui e acolá. No entanto, os salvos não precisam ficar correndo, mas, sim, confiar no Senhor, esforçando-se para agradar-Lhe. Se souber o que Deus deseja que você faça, não se deixe enganar pelo autor da dúvida que lhe sugerirá uma porção de coisas. Saiba que as pessoas que vivem com dúvida foram enganadas pelo maligno.

Há muitos filhos de Deus que se deixaram convencer pelo mentiroso-mor, o diabo, pois acham que não têm condições de seguir Jesus por causa dos pecados que cometeram no tempo da ignorância, quando ainda não conheciam o Senhor. Assim, eles se acham desprezíveis para estarem ao lado do Salvador. Ora, o Mestre sabia tudo a respeito de todos aqueles que foram chamados para crer no Evangelho; portanto, não há como ter havido erro na escolha de alguém.

O apóstolo Paulo não queria que seu povo tivesse dúvida alguma sobre a vontade divina, por isso, em toda parte, ele ordenava o que estamos estudando aqui. As pessoas que não se firmarem no que a Escritura diz serão facilmente removidas de sua posição em Cristo, mas quem compreender o que Deus lhe repartiu e o seu chamado divino nunca dará atenção alguma às mentiras do inimigo.

Diante de tudo isso, não deixe que dúvida alguma se instale em sua cabeça. Você só veio para o Evangelho, porque o Pai o trouxe até Jesus. O que sentiu, quando ouviu as Boas-Novas pela primeira vez, foi a voz divina convencendo-o de que, em Cristo, na família de Deus, você é bem-vindo. Agora, como membro do Corpo do Senhor, exerça seu direito de viver na liberdade dos filhos de Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

sábado, 27 de julho de 2013

R R Soares - 104 Os quatro pontos da mensagem de Jesus

Mensagem 104

Os quatro pontos da mensagem de Jesus


"E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do Reino de Deus e dizendo: O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho." Marcos 1.14,15


Oração do dia!



Deus de amor! 

É bom saber que, pelo fato de darmos ouvidos às Tuas ordens e cumpri-las, Tu prometes nos amar. 
Isso nos faz Te amar ainda mais, pois, se há algo de que não abrimos mão, é servir-Te sempre. 
Isso é mais do que ser abençoado!

Tu garantes que nos amarás e nos abençoarás, o que já seria mais do que suficiente. 
Mas, como verdadeiramente nos amas, Tu também multiplicarás e abençoarás o fruto do nosso ventre. Isto é o que desejamos que nos aconteça: que nossos filhos sejam abençoados.

Obrigado pela revelação da Tua vontade, pelo pão que nos dás a cada dia, pelo sangue de Cristo que nos liberta do inimigo, pela unção do Espírito Santo e pela produção daqueles que trabalham conosco. 

Senhor, não poderíamos viver longe do Evangelho!

Fonte: Portal ongrace

domingo, 21 de julho de 2013

R R Soares - 103 Olhe para o Senhor

Mensagem 103

Olhe para o Senhor


"E disse o SENHOR a Moisés: Faze uma serpente ardente e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo mordido que olhar para ela." Números 21.8


sexta-feira, 19 de julho de 2013

Autoridade sobre os demônios


"E rogava-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província." Marcos 5.10

Quando você se defrontar com demônios, não tenha medo, porque eles temem que o cristão pronuncie uma ordem contra eles. Todo aquele que é chamado para ser discípulo do Senhor Jesus recebe autoridade e poder contra o mal. De acordo com a Palavra, como filho de Deus, você está autorizado a curar os enfermos, repreender as operações de Satanás e expulsar os espíritos malignos (Mt 10.8). Não descreia, portanto, da autoridade que lhe foi conferida pelo próprio Filho de Deus.

Com a vinda de Jesus, foi como se o Senhor Deus tivesse inaugurado a era da soberania do Seu povo sobre o reino das trevas. Ele deu ao Seu Filho, que Se fez carne como um de nós (Jo 1.14), o poder necessário para fazer a obra divina(Mt 28.18). Porém, antes de voltar para os Céus, Jesus disse que, do mesmo modo que o Pai Lhe enviara, Ele estava nos enviando (Jo 20.21). Desde então, aquele que crê no Salvador é capaz de realizar a obra como Ele realizou.

Quem tem poder sobre uma cobra pode pegá-la pela cauda ou por qualquer outra parte e lançá-la fora (Mc 16.18). Foi isso que aqueles demônios pediram ao Senhor que não fizesse. Ora, não precisamos planejar o que fazer com a entidade que estiver manifestada em alguém; mas, andando em Espírito, teremos a direção certa do que deve ser feito. O sábio conhece o tempo e o modo de fazer a obra (Ec 8.5).

De um fato estamos certos: Jesus nos conferiu poder sobre todos os demônios e todas as potestades do mal. Portanto, prepare-se para se usado por Deus e jamais se acovarde diante de uma pessoa em quem o demônio se manifesta, ainda que ele se mostre forte. Como o diabo é mentiroso (Jo 8.44), quando estiver dizendo que não deixará aquela pessoa, em outras palavras, ele estará declarando que já está saindo. Ele bate em retirada se dermos essa ordem em Nome de Jesus.

Quem tem poder não treme nem se afoba diante de qualquer situação adversa, ainda que esta seja muito séria, pois Satanás sabe que, ao ordenarmos sua saída no Nome de Jesus, o próprio Deus agirá. Como servo do Senhor, não tema usar a autoridade que lhe foi concedida sobre o poder do inimigo. Afaste-se dos pecados, deixe as práticas e os pensamentos errados, pois, assim, o Todo-Poderoso o usará para a Sua glória.

Então, trabalhe no Reino. Ao obedecer ao Mestre, você verá que, de fato, a Palavra não falha. O Altíssimo está chamando os salvos para realizarem Sua obra nesta geração. O que ocorreu em outras épocas ocorre hoje, pois é o mesmo Deus que nos unge e usa. Não fique procurando demônios nem se escondendo deles; simplesmente, seja um obreiro do Senhor, pois para isso você foi constituído.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

terça-feira, 2 de julho de 2013

“UM FILME DE PRESSÃO”, diz Thalles sobre sua biografia no cinema



Lançado pela Graça Filmes, longa é baseado no livro biográfico do cantor, “Olha o que Ele fez comigo”, da Graça Editorial

Considerado um dos principais artistas do cenário gospel, Thalles Roberto terá sua vida retratada em mais uma produção cinematográfica da Graça Filmes. Com lançamento previsto para o segundo semestre de 2014, o filme será baseado no livro “Olha o que Ele fez comigo”, biografia do cantor que, em breve, será lançada pela Graça Editorial.

“Este projeto foi muito esperado pela Graça Filmes. A história do Thalles é digna de um roteiro de cinema. Vamos mostrar às pessoas como a vida dele foi impactada por Deus”, explica o diretor executivo da Graça Filmes Ygor Siqueira.

Empolgado com a assinatura do contrato, que aconteceu na noite desta quinta-feira na cidade natal do cantor, Passos (MG), Thalles acredita que o filme terá um grande impacto na vida daqueles que o assistirem.

“A minha fé é que todas as pessoas que assistirem ao filme verão que a minha história é um pouco da vida de cada um. Creio que este projeto vai transformar a vida de muitos. Será uma revolução! Vai ter ação, drama, romance… um pouco de tudo. Vai ser um verdadeiro filme de pressão”, comenta.

O filme será rodado no Brasil, porém, os locais serão definidos após a finalização do roteiro. As filmagens acontecerão durante o primeiro trimestre de 2014.

Por: Maria Luisa Rocha
Fonte: Assessoria de Imprensa – Renato Natividade e Celso Carvalho

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Observe os Limites



"Os príncipes de Judá são como os que traspassam os limites; derramarei, pois, o meu furor sobre eles como água." Oseias 5.10



Aqueles que servem a Deus não devem agir como os perdidos, os quais nem se interessam em saber se há limites para suas ações. Os salvos precisam ter outro procedimento: verificar sempre se não se têm excedido no que fazem. Os mandamentos divinos nos dão limites; por isso, se os guardarmos, seremos premiados com as revelações da Palavra e protegidos contra os ataques do inimigo. Com isso, viveremos em sucesso completo.

Ao nos proibir de tomar certas atitudes, que são normais e prazerosas para os ímpios, o Senhor está resguardando-nos das operações malignas que acompanham quem as pratica. Tudo o que Deus nos impede de fazer nos é vedado para o nosso próprio benefício. Os perdidos não participam da natureza divina, não são guiados pelo Espírito Santo e, por isso, sempre são atacados pelo Inferno. Já os filhos do Senhor são o prazer dEle, que os conduz em triunfo(2 Co 2.14).

Os príncipes de Judá não viram problema em traspassar os limites, mas foram avisados de que seriam atormentados pelo furor de Deus. Não teria sido melhor se tivessem aceitado a limitação que o Altíssimo lhes impusera? No entanto, não quiseram saber disso; consequentemente, foram levados para a Babilônia, a fim de aprenderem a não brincar com as resoluções divinas. Se tivessem se submetido à orientação divina, não teriam sofrido tal ação da parte do Senhor.

Se José do Egito – que aparentemente não tinha futuro, já que fora vendido como escravo – não tivesse permanecido firme, santo, o que teria sido dele? Ele fora cobiçado pela mulher de seu senhor e, caso tivesse ocorrido um envolvimento com ela, até poderia ter levado uma boa vida naquela casa; mas, no final, teria recebido a condenação eterna (Gn 39.7-23). Mesmo na posição de completa humilhação, preferiu honrar o Senhor, que o estava preparando para uma grande obra.

Não ceda na sua posição de filho de Deus. O Senhor nunca foi mal para com ninguém. Ele sabe o que é melhor para sua vida e, por isso, permite que as provações lhe sobrevenham. Saiba que Sua graça é suficiente em qualquer situação. O segredo é não se rebelar contra a vontade divina nem aceitar as sugestões do diabo (Tg 1.2-4). Seja constante e inabalável naquilo que você já ouviu de Deus, pois Ele é fiel Cumpridor do que promete.

Se não traspassar os limites que lhe foram estabelecidos, haverá derramamento da parte do Senhor sobre a sua vida, mas da Sua graça. Com isso, você verá que Ele escolheu o melhor para você ter e desfrutar; porém, era preciso passar pelas provas para que tivesse a capacidade de receber o que já lhe estava preparado. Não frustre o Altíssimo; caminhe firme em direção ao pódio, pois é lá que Ele o quer ver.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Noite dos Vencedores


PARTICIPE DA NOITE DOS VENCEDORES
 E FAÇA SEU PROJETO

IIGD PIRAQUARA PR

AV GETÚLIO VARGAS, 756 - CENTRO - PIRAQUARA - PR

Santa Ceia do Senhor - MAIO 2013






Convidamos você e sua família para participar das Reuniões Especiais de Santa Ceia, Domingo, dia 12/05/2013, às 09:00hs e 18:00hs, na Igreja Internacional da Graça de Deus em Piraquara.

Maiores informações pelo fone: (41) 3673-4412 

Contamos com sua preciosa presença.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara

Av. Getulio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - Pr

sábado, 13 de abril de 2013

Santa Ceia do Senhor - ABRIL 2013




Convidamos você e sua família para participar das Reuniões Especiais de Santa Ceia, Domingo, dia 14/04/2013, às 09:00hs e 18:00hs, na Igreja Internacional da Graça de Deus em Piraquara.

Maiores informações pelo fone: (41) 3673-4412 

Contamos com sua preciosa presença.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara

Av. Getulio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - Pr
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores