terça-feira, 18 de setembro de 2012

Por que te desvias do teu caminho?



"Por que te desvias tanto, mudando o teu caminho? Também do Egito serás envergonhada, como foste envergonhada da Assíria." Jeremias 2.36

Deus sabe o que é bom para Seus filhos, por isso Ele nos aponta o caminho a ser seguido para que desfrutemos do melhor que Ele criou. Sem dúvida, não há nada mais maravilhoso do que aquilo que Ele preparou para nós. Desprezar as orientações do Altíssimo é como confessar que não crê em Sua onisciência e também que, diferentemente do que as Escrituras afirmam, Ele não é tão bom, puro e perfeito.

Seguir o rumo que o Senhor traçou para nós sempre será a melhor opção. Os que, porém, decidirem não aceitar nem cumprir a vontade do Pai verão, no final, que passaram desnecessariamente por muitas tribulações e não conseguiram tudo o que desejavam. O que o homem conceber, ou aceitar, fora da Palavra de Deus jamais será o melhor para ele. Como Pai perfeito, Ele aponta para Seus filhos a estrada da felicidade eterna.

No caminho para onde Ele nos direciona não cabe a nossa vontade, pois, como ele é apertado, requer que o atravessemos como que nos espremendo e, portanto, deixemos para trás o que nos prejudicaria de algum modo. Ao final, porém, chegaremos livres de tudo o que nos teria impedido de desfrutar do plano perfeito divino. Caminhar nessa trilha é questão de confiar no Deus onisciente e onipotente, que, por natureza, é amor.

Esse caminho é o da Verdade, e, nEle, somos dirigidos pelo Santo Espírito. Se, por acaso ou intencionalmente, tomamos algum atalho, por menor que seja ele, logo percebemos que há trevas envolvendo-nos, e a nossa alma começa a se inquietar. Se continuarmos, chegaremos à região do pecado, na qual a paz e a comunhão com o Senhor é cortada; então, o que resta é tristeza, depressão e completa vergonha em todos os sentidos.

Havendo desvio – seja ser pequeno ou grande –, a vergonha virá sobre quem não se submeteu completamente à vontade divina. As suas orações não serão mais respondidas, suas decisões passarão a ser as piores possíveis, e, com isso, nada mais lhe restará a não ser a vergonha tanto no mundo material como no espiritual. Quem não é atendido no que pede ao Senhor deve verificar se tem andado ou não no caminho.

Dar desculpas de que não sabe qual é o propósito do Pai para sua vida não adiantará, pois, desde o primeiro dia em que você ouviu a Boa-Nova, já soube qual é a sua missão. Se você está contrário aos planos divinos, saiba também que está jogado em um espaço onde o inimigo o tem nas mãos.

Os que desejam viver bem, livres das opressões e vencendo qualquer batalha devem voltar imediatamente a caminhar segundo a direção do Senhor. Viver na rebeldia só trará infortúnios – e o pior é que, se você não se acertar com Deus, estará para sempre condenado ao suplício eterno.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores