quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Murmurando no interior



Antes, murmuraram em suas tendas e não deram ouvidos à voz do SENHOR. Salmo 106.25

Há um grave vício ao qual grande parte dos cristãos tem sucumbido: a murmuração. De fato, não são poucos os que, em seu interior, murmuram. Porém, independentemente do que você tenha, do que as pessoas falem a seu respeito e de suas orações serem ou não respondidas como você gostaria, aprenda a viver feliz com o que o Senhor lhe permite ter e, diante de qualquer situação, não fique queixando-se. Cuidado, pois Deus vê seu coração (Sl 26.2)!

No passado, os israelitas cometeram um pecado horroroso em suas tendas: eles murmuravam – não apenas em público, mas também no aconchego de seus lares, ainda que provisórios, pois moravam em tendas. Hoje, muitos têm feito o mesmo em suas casas, diante de seus familiares, e, como resultado, não dispõem de uma fé firme e forte; consequentemente, não conseguem enfrentar nem vencer os desafios.

Existem pessoas que murmuram em seu interior. Aparentemente, elas estão sempre alegres e gostam de sorrir, julgando que, assim, convencem os outros de que tudo vai bem com elas. No entanto, esquecem-se de que aqueles que são de Deus e andam em Espírito percebem até mesmo quando há pecados escondidos. Os murmuradores têm sempre um semblante pesado, triste, e um olhar que não transmite confiança.

O Altíssimo está em todas as partes e sabe de tudo o que acontece. A cada fração de segundo, Ele vê o que se passa com todas as pessoas em todos os lugares (Jó 34.21). Pense, por exemplo, no que ocorre com milhares de folhas, das mais diversas árvores existentes em todo o mundo, as quais caem a todo instante. O Senhor sabe exatamente onde elas caem, qual seu tamanho, peso, sua cor e espécie; afinal, nada, por menor que seja, escapa aos Seus olhos.

Cuide-se para não ser achado como murmurador, pois isso o levará para longe da proteção divina. Os israelitas provocaram o Senhor à ira com esse procedimento. Hoje, quem murmurar, ainda que somente dentro da sua tenda – seu coração –, não ficará impune. Seja sempre grato a Deus pelo que você tem, pela fé que Ele lhe deu e por tudo aquilo que Ele deseja e fará em seu benefício. Seja agradável a Ele em tudo.

O melhor é dar ouvidos ao que o Todo-Poderoso fala ao seu coração, pois, desse modo, o plano divino será realizado em sua vida. Quando você cumpre uma ordem, ainda que seja muito simples, coloca o poder divino operando em seu favor. Não deixe a murmuração dominá-lo; permita que o Senhor Se alegre com você.

Não importa se o que Deus lhe revelou é algo grande, sério e, aparentemente, difícil de ser realizado. Ao lhe dar uma missão, Ele já o preparou e lhe entregou os meios de ela ser executada. Creia, avance e não olhe o tamanho do desafio, mas, sim, o da recompensa. Deus é fiel para cumprir o que prometeu (Nm 23.19).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores