quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Idôneos na obra de Deus



Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus; corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência e longanimidade, com gozo, dando graças ao Pai, que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz. Colossenses 1.10-12

O apóstolo Paulo rasgou elogios a respeito da fé dos colossenses, a qual haviam aprendido com Epafras, um fiel ministro do Senhor, pela Palavra da Verdade – o Evangelho. Assim, ao entenderem a graça divina, eles demonstraram um grande amor, gerado pelo Espírito Santo, o que fez com que o apóstolo e seu grupo orassem para que tivessem mais, a ponto de transbordarem no pleno conhecimento da vontade divina e no entendimento espiritual.

O pedido de Paulo, na verdade, era para que eles andassem dignamente diante do Pai, visto que não há outra maneira de agradar a Ele. Ora, como Deus é digno de respeito, honra e louvor, Ele espera que Seus servos não andem de modo vergonhoso, manchando Seu bom Nome e Sua glória, os quais devem ser vistos na vida de todos aqueles aceitos na divina família.

O Senhor deve ser agradado em tudo, pois Ele é puro, perfeito, e nEle não há absolutamente nada de mau ou vergonhoso. Logo, sendo parte do Corpo de Cristo, o mínimo que devemos fazer é agir de modo que Ele seja glorificado. Deus Se agrada quando nos afastamos do pecado, fugimos da aparência do mal e mantemos um coração puro e amável (1 Ts 5.22). Procedendo dessa forma, não haverá quem fale mal do Caminho que Ele nos apontou.

Como qualquer outro povo que ama o Senhor, os colossenses deveriam frutificar em toda boa obra, pois esse é um alvo que devemos perseguir. Cada filho do Altíssimo deve esforçar-se para dar bons frutos, seguindo o exemplo deixado por Jesus. Além disso, a obra de Deus deve ser santa, exatamente como Ele é, e nós não podemos nos excluir dessa responsabilidade, sob pena de sermos condenados por fazer a obra relaxadamente (Jr 48.10a – ARA).

Paulo também demonstrou uma preocupação: os colossenses precisavam crescer no conhecimento de Deus, já que, sem isso, não haveria grandes manifestações divinas entre eles. Ora, os povos que não evoluíram na ciência vivem limitados a saberes primitivos. O Criador nos deixou enormes riquezas que nos ajudam a viver melhor; porém, as pessoas que não as conhecem se privam de dádivas que tornariam a vida mais agradável.

No Senhor, há todo tipo de fortaleza, por isso quem entende e recebe o poder que Ele tem se torna mais forte nas batalhas contra o inimigo. O bom é que essa força já é nossa pela Sua glória, em toda longanimidade, com gozo. Portanto, seja sempre agradecido ao Pai, que o fez idôneo para participar da herança dos santos na luz. Assim, em Nome de Jesus, você terá condições de vencer todas as suas batalhas.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores