quinta-feira, 5 de julho de 2012

A palavra da verdade na tua boca


"E de minha boca não tires nunca de todo a palavra de verdade, pois me atenho aos teus juízos." Salmo 119.43

Deus concedeu à Sua Palavra o poder de criar todas as coisas. Quando Ela nos é revelada, vencemos a batalha contra o mal. Então, já não precisamos mais clamar pela libertação, mas exigir que o sofrimento saia em Nome de Jesus. Nenhuma palavra enviada pelo Senhor deixará de fazer a obra para a qual Ele a enviou. Jesus disse que os céus e a terra passariam, mas as Suas palavras jamais haveriam de passar (Lc 21.33).

O bom de tudo é que a divina Palavra ainda mantém Seu poder como na criação. Tendo sido entregue a você, Ela é sua, e, naquele assunto, você se tornou autoridade. Se, por exemplo, há 40 anos, você recebeu uma cura pela Palavra, mas agora o mal está voltando, firme-se no que Deus lhe prometeu e exija que a enfermidade vá embora. Não se esqueça de que os dons divinos são irrevogáveis!

O pecado o separa de Deus (Is 59.2), e, enquanto ele existir em sua vida, o Senhor estará com os ouvidos fechados para o seu clamor. No entanto, quando você confessar seu erro e o abandonar, a comunhão será restaurada. Se sentir que está sendo disciplinado em razão de algo que fez, aja como o salmista, o qual orou pedindo que não lhe fosse tirada a palavra de verdade, sem a qual o homem não tem força.

O segredo é ater-se aos juízos de Deus, pois todas as declarações que Ele faz a nosso respeito são decisões que jamais serão canceladas e, por já lhe terem sido reveladas, são suas. Então, mesmo sentindo que o Senhor está disciplinando-o por algum caminho errado que você tomou, lembre-se de que, por causa do seu amor aos juízos divinos, se clamar ao Senhor, Ele não retirará de você totalmente Sua Palavra.

Por não haver a menor possibilidade de tais juízos serem revogados, ou não serem honrados, exija a saída do mal que o incomoda, baseando-se no juízo que corresponde à sua necessidade. Por exemplo, se você precisa da cura divina, determine a saída do mal, firmando-se na afirmação bíblica a qual declara que fomos sarados pelas chagas de Jesus (1 Pe 2.24b). A sua determinação tem o poder para desfazer as obras de Satanás!

A sua oportunidade é agora, enquanto estiver por aqui. Após a segunda vinda de Jesus – ou depois da morte –, não haverá opressão ou enfermidade para ser expulsa. Por que deixar para depois? Por que não assumir o que lhe pertence em Cristo? Atendo-se aos juízos, a palavra de verdade não lhe será tirada.

A melhor hora para tomar a decisão contra o mal que o ataca é quando você entende sua posição diante de todas as coisas. Neste momento, por lhe ter revelado a Sua decisão, o Pai está olhando para seu coração. Se exigir a saída do mal em Nome de Jesus, o Senhor mesmo fará a obra. Só depende de você!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores