quarta-feira, 25 de abril de 2012

Você é um escolhido?

A Palavra de Deus diz que muitos são chamados, mas poucos escolhidos” Mateus 22.14.
Ainda ontem conversava com o Evangelista de nossa Igreja a respeito deste versículo e falávamos sobre o fato de existir uma diferença entre ser chamado e ser escolhido por Deus.

Uma das conclusões que tiramos e que me chamou a atenção foi a de que muitos hoje estão nas Igrejas, mas não são todos escolhidos por Deus.

Mas como sabemos então se estamos no grupo dos chamados ou no grupo dos escolhidos?
Como podemos avaliar isso em nossas vidas?
Não temos outro “gabarito” para nossas vidas senão a Palavra de Deus e, percorrendo alguns livros, logo me deparei com a seguinte passagem:

“Porque não há árvore boa que dê mau fruto nem tampouco árvore má que dê bom fruto. Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois dos espinheiros não se colhem figos, nem dos abrolhos se vindimam uvas. O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem; e o homem mau, do seu mau tesouro tira o mal; pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” Lucas 6.43-45
Até aqui o Senhor nos mostra uma maneira de se vislumbrar diferença entre comportamentos, mas ainda não vemos o que torna um agir diferente de outro, melhor dizendo, o que nos faz chamados ou escolhidos. Portanto, continuemos seguindo o texto.

“E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?” Lucas 6.46
Opa, neste versículo, vemos Deus tratando de alguém que O chamava, e onde mais alguém O buscaria senão na Igreja. Mas vemos também que há um problema, pois este que O busca, na verdade não estava obedecendo.
Há um sério problema neste relacionamento com Deus, começamos a perceber aqui, alguém que foi chamado de alguma forma, mas que não estava disposto a fazer o que Deus ordena.
Continuemos com o texto então, creio que a partir deste momento podemos ver de forma um pouco mais clara o que difere alguém que fora chamado do escolhido.

“Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante: É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala, e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo a enchente, bateu com ímpeto a torrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque tinha sido bem edificada. Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a torrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa.” Lucas 6.43-49
Perceba que este texto inicia com a seguinte declaração: “Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras,...”, estes são os chamados, é o início da caminhada, quando começamos a ouvir Deus falar.
Logo após esse inicio, somos obrigados a tomar uma decisão que muda tudo, trata-se de PRATICAR ou NÃO PRATICAR aquilo que ouvimos.
Em outras palavras amado, nós nos tornamos escolhidos, a partir do momento que fazemos o que aprendemos com a Palavra de Deus.
De outra forma, continuaremos sentados nos bancos das nossas Igrejas, apenas como chamados.

Você talvez pense neste momento, “Mas qual o problema em sermos apenas chamados e continuarmos assistindo as reuniões no conforto do nosso banco cativo na Igreja?!”
Bem eu lhe respondo novamente com a Palavra:
“E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo; para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro; antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,  do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor. Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na verdade da sua mente, entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza.” Efésios 4.11-19

Meus irmãos, se o Senhor nos colocou na Igreja foi para que, sejamos exortados, repreendidos, ensinados, contrariados nos nossos pecados e edificados pela Palavra dEle para que, também edificados na Fé (“Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo.” - Romanos 10.17) a fim de que tendo comunhão com nosso Deus, esclarecidos a respeito de tudo pela sua voz, dirigidos pelo Espírito Santo não sejamos mais enganados.
É impossível enrolar em doutrinas aquele que é verdadeiramente conhecedor da Palavra de Deus, aquele que tem comunhão com o Pai.
Prova disso é a passagem de Marcos 13.21-22 que diz: “Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo ali! não acrediteis. Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos.”
SE POSSÍVEL, significa, que os escolhidos não são enganados por ventos de doutrina, por falsos cristos e profetas, nem ficam correndo atrás de sinais e prodígios. Os escolhidos já têm o que é preciso, os escolhidos já têm a Deus e nada mais é necessário.
O problema de levarmos uma vida como “chamados” é que estamos edificando a casa sobre terra, sem alicerces, e quando bater com ímpeto a torrente (e isso acontece com todos), você cairá e Jesus nos disse que neste caso, grande é a ruína.

Para aquele que busca a Deus em primeiro lugar, aquele que se enquadra no grupo dos escolhidos, temos por certo que sua casa estará firme até que se cumpra o fim da nossa Fé que é a salvação da alma, conforme I Pedro 1.9.

Se você está ouvindo a Deus e obedecendo, você é um escolhido, continue firme.
“Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica” Romanos 8.33

Se você está ouvindo a Deus e ainda não decidiu obedecê-lo, comece hoje a mudar esta história. Faça de sua vida um altar e comece agora a oferecer sacrifícios de Louvor ao Senhor Deus.
Passe a ser um escolhido.
“E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.” Mateus 24.31

Um abraço,

Mauricio Fuck
Obreiro
IIGD Piraquara
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores