terça-feira, 17 de abril de 2012

Deus deve lembrar-se de você

“Lembra-te de mim, SENHOR, segundo a tua boa vontade para com o teu povo” (Salmo 106.4a).

Jesus ensinou que somente quem pede recebe (Mateus 7.8a). Então, se deseja que o Senhor Se lembre de você, abra a sua boca com fé e faça seu pedido. Mas não peça aquilo de que necessita ou algo em que está pensando, mas, sim, o que o Espírito de Deus ensina, pois essa é a vontade dEle para sua vida. Uma vez tendo entendido que Ele lhe tem prometido algo – ou você precisa fazer o pedido –, não há necessidade de esperar, pois o que Ele lhe revela já foi concedido a você. No entanto, se a revelação lhe disser que aquilo será feito após algum tempo, então é preciso respeitá-la.

Talvez alguém pense que é egoísmo pedir somente para si que o Senhor Se lembre dele, mas isso não é verdade. O que Deus nos revela como bênçãos pessoais não deve ser confundido com aquilo que Ele declara pertencer a todos. Temos de orar pelos perdidos, a fim de que sejam salvos, bem como pelos demais irmãos, para que sejam iluminados e fortalecidos na fé, mas sempre nos lembrando de suplicar em nosso favor, principalmente quando formos dirigidos a eles.

Há aqueles que se fazem esquecidos de Deus, os quais não dão a mínima importância para o que Ele diz nem para os deveres que pesam sobre seus ombros. Já os obedientes e praticantes da Palavra não podem ficar achando que, quando o Senhor quiser, irá lembrar-Se deles. Ora, é preciso pedir – e insistir – até que Deus lhes responda e os ajude.

No versículo lido, vemos como o salmista entendia que o Todo-Poderoso não privilegia ninguém, por isso ele orou a fim de que Deus Se lembrasse dele, segundo a boa vontade que Ele tinha com Seu povo. Isso mostra que o Altíssimo nos trata de igual modo. Quem, portanto, considera-se mais favorecido por Ele está redondamente enganado; afinal, o que nos diferencia é a atitude que temos com relação aos mandamentos divinos.

Quando o pecado cometido por Adão nos separou de Deus, em vez de o Senhor Se dar por vencido, teve total boa vontade conosco, criando um plano no qual todos os detalhes foram pensados e colocados em prática para salvar a humanidade e libertá-la de todo poder do inimigo.

Sendo assim, a melhor coisa a fazer é entender os projetos divinos e, então, assumi-los com fé e determinação. Ao lhe revelar algo, Deus está lembrando-Se de você. Então, a atitude mais correta é aproveitar as lembranças do Senhor.

Em Cristo, com amor,
R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores