quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Não fique "de fora"

Lucas 15.25-32 “Ora, o seu filho mais velho estava no campo; e quando voltava, ao aproximar-se de casa, ouviu a música e as danças; e chegando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo. Respondeu-lhe este: Chegou teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo. Mas ele se indignou e não queria entrar. Saiu então o pai e instava com ele.  Ele, porém, respondeu ao pai: Eis que há tantos anos te sirvo, e nunca transgredi um mandamento teu; contudo nunca me deste um cabrito para eu me regozijar com meus amigos; vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado. Replicou-lhe o pai: Filho, tu sempre estás comigo, e tudo o que é meu é teu;  era justo, porém, regozijarmo-nos e alegramo-nos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu; tinha-se perdido, e foi achado.”

Vemos no texto de Lucas, que o filho mais velho não ficou feliz com o retorno do mais moço.
Ao invés disso, ele ficou indignado por não gozar das bênçãos de seu Pai assim como seu irmão o fazia naquele momento.
Acontece que o filho mais velho, apesar de estar junto a seu Pai, não se beneficiava mais dos bens porque estava muito sossegado. Afinal, tudo que é do Pai é do Filho também não é mesmo?!

Quanto mais tempo estamos na Igreja, mais ainda devemos cuidar para não ficarmos “sossegados” na Fé.
Se isso acontecer, então corremos o risco de terminar indignados com as bênçãos recebidas pelos nossos irmãos mais novos.

Se nós agirmos assim, não é o Pai que nos põe para fora, mas nós mesmos é que acabamos escolhendo ficar fora da Graça de Deus.

Quando estiver reunido com seu Pai e seus irmãos na Igreja, lembre-se de que Jesus nos disse: “Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á. Ou qual dentre vós é o homem que, se seu filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhas pedirem?” Mateus 7.7-11

Um abraço,

IIGD Piraquara

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores