segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

A mulher Cananéia

"A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: "Senhor, ajuda-me!" Ele respondeu: "Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos". Disse ela, porém: "Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos". Jesus respondeu: "Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja". E naquele mesmo instante a sua filha foi curada."
Mateus 15:25-28

A grande tragédia de tantas pessoas que têm contato com Jesus é que, como ele disse "ouvindo, não ouvem, nem entendem" (MT 13:13).

Esta mulher, de um povo pagão, provavelmente com pouca instrução e talvez nenhum contato com a Palavra de Deus, entendeu exatamente o que Jesus estava dizendo. Ela compreendeu que Jesus tinha uma missão e que ele tinha que dar prioridade àquela missão. Ela aceitou tudo que Jesus disse, por mais humilhante que tenha sido para ela.
Ou seja, ela aceitou a condição necessária de todo súdito do Reino - pobreza de espírito.
No entanto, ela não deixou de pedir ajuda. Por quê? Porque ela entendeu a outra parte da equação do Reino - Deus é grande, mas ele também é bom!
Qual o grande feito da mulher cananéia? Ela escutou atentamente aquilo que Jesus estava dizendo e aceitou sua condição perante ele.
Quão poucas pessoas fazem isso! Quantos não querem se justificar, se defender, se exaltar? Esta mulher pagã escutou, procurou entender e se lançou a mercê do Senhor. Isso impressionou tanto Jesus porque tão poucas pessoas estão realmente escutando atentamente às palavras dEle. Tão poucas pessoas compreendem seu lugar, ou quão distantes estão de Deus. E tão poucos entendem quão grande é o amor dEle para poder nos salvar!

Algo tão simples, e tão raro que até Deus se impressiona quando vê.
Você lembra quando entendeu isso?
Será que não é hora de relembrar, e hora de ajudar alguém que você conhece que ainda não entendeu?

Um Abraço,


IIGD Piraquara.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores