terça-feira, 1 de novembro de 2011

Servir ou Ouvir

“Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta o recebeu em sua casa. Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo a sua palavra.
Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: “Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude!”Respondeu o Senhor: “Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa
parte, e esta não lhe será tirada."

Lucas 10:38-42


Da mesma forma que a parábola do bom samaritano ilustrou como amar o próximo, o encontro com Marta e Maria ilumina o que significa amar a Deus acima de todas as coisas.

A idéia de escolher qual das duas irmãs estava fazendo o que era mais importante não partiu de Jesus - foi de Marta. Tudo indica que Jesus teria ficado contente em deixar as duas irmãs cumprirem seus respectivos papéis.
Ao pedir que ele mandasse Maria ajudá-la, Marta o levou a fazer a famosa comparação.

Talvez haja uma lição aqui sobre qualquer comparação entre dons, serviços e ministérios.
O que incomodava mais a Marta - o que Maria não estava fazendo, ou, o que havia ficado para a própria Marta fazer?
Você já sofreu essa tentação?

De qualquer forma, não podemos concluir que Jesus estava com isso elevando a vida devocional e rebaixando o serviço manual.
Há situações em que a melhor parte é servir (como havia feito o bom samaritano), e há outras em que a melhor parte é sentar e ouvir (como havia feito Maria).
E haverá momentos em que alguns vão servir para que outros possam ouvir.

Seja qual for a parte que nos cabe no momento, se podemos fazê-la contentes e serenos, certamente o Senhor há de ficar feliz conosco.

Um abraço,

IIGD Piraquara

Fonte: http://www.hermeneutica.com/jd/2/1101.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores