quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Cuidado com o ímpio

"Vindo o ímpio, vem também o desprezo; e, com a ignomínia, a vergonha." (Provérbios 18.3).

O ímpio se dá a conhecer pelo seu desprezo pelas recomendações da Palavra de Deus. Ele conhece a verdade, mas, por alguma razão, não lhe obedece.
Um obreiro que divide uma igreja não tem outra qualificação espiritual que não seja a de ímpio, pois busca o próprio interesse e se insurge contra a verdadeira sabedoria (Provérbios 18.1). A pessoa que acolhe aquele que se mantém na impiedade participa dos pecados dela e, assim, sofre a mesma pena e iguala-se aos que se intrometem em questões alheias.

No momento em que alguém se alia ao ímpio, passa a ser desonrado. Deus, que o honrava até então e fazia valer seus direitos, agora, despreza-o, e, com isso, vem a vergonha. Quem não está bem espiritualmente não consegue os benefícios prometidos àqueles que creem na Palavra e, portanto, experimenta o opróbrio em suas batalhas.

É como uma dona-de-casa que cuidava bem dos filhos, tinha a ajuda dos céus e toda a sua família era gente de bem. Mas, um dia, deixou-se levar por uma conversa marota, algo bem demoníaco, e resolveu deixar sua casa e juntar-se a outro homem. Que lar ela construirá? Os novos filhos, quando souberem do ocorrido, irão obedecer a ela? Possivelmente, ela acrescentará outro erro ao que já cometeu e ainda convidará os filhos do antigo casamento a deixarem o pai para morar com ela.

O Senhor Jesus declarou: E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra (Apocalipse 22.12). Seja fiel em sua chamada! Jesus tem a recompensa para dar a quem faz a vontade divina. Deixar o galardão que durará pela eternidade por qualquer outra aqui na terra é agir como Esaú, o qual perdeu o direito à bênção por um prato de lentilhas (Gênesis 25).

O Pai requer que todos os Seus despenseiros sejam achados fiéis. Por exemplo, o seu dízimo é do Senhor, e não seu. Ninguém tem o direito de lançar mão daquilo que Ele reservou para a manutenção do Seu trabalho. Cuidado! Permaneça fiel para não ser desqualificado! Não deixe que uma mancha seja colocada em sua chamada. Seja leal ao Deus que lhe destinou a uma missão em Sua obra. Fuja da tentação de ser mais sábio que o Senhor e não se envolva com nenhuma peleja de outra pessoa.

Quem tem juízo não se junta ao ímpio, mas fica firme no amor de Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores