quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Hoje, dia de Consagração na Igreja da Graça

 
Nos últimos dias, o Missionário R. R. Soares tem convidado pessoas de todas as Igrejas a participarem de um evento especial: um jejum em favor do Show da Fé. “Nem que seja por, pelo menos, uma hora”, explica ele.
 
Durante o dia 30 de novembro, (hoje), líderes e obreiros da Igreja Internacional da Graça de Deus farão uma consagração em favor do programa.
 
Além de anunciar o jejum durante o programa e nas Igrejas, R. R. Soares fez uso das mídias sociais. No Twitter, a assessoria de imprensa do líder citou a hashtag #JejumShowdaFé. No Facebook, centenas de pessoas falavam sobre o assunto na quarta-feira, 23.
 
O Show da Fé foi o primeiro programa cristão a ser exibido na TV brasileira em horário nobre, e está no ar desde 1977. Hoje, ele leva a Palavra de Deus a milhões de pessoas em, aproximadamente, 25 países.
 
Por: Maria Luisa Rocha

Fonte:Portal Ongrace

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ore com Fé e Determinação

“Tu, pois, ó SENHOR, Deus dos Exércitos, Deus de Israel, desperta para visitares todas as nações: não tenhas misericórdia de nenhum dos pérfidos que praticam a iniquidade” (Salmo 59.5).

É importante aprender como o próprio Deus Se intitula. Nesse versículo, por exemplo, vemos dois dos importantes títulos do Altíssimo. Como Deus dos Exércitos, Ele Se identifica como o Comandante das forças celestiais, as quais não atuam por si só, mas sob Sua orientação e presença, o que faz com que elas jamais sejam derrotadas em qualquer missão. Como Deus de Israel, nós O temos como o Cumpridor das promessas feitas a Abraão e seus descendentes – os judeus, pela carne, e nós, pela promessa (Gênesis 28.14).

A oração que surte efeito, obtém resposta e prevalece em qualquer situação é aquela feita ao Senhor dentro da revelação de quem Ele é. Logo, quem ora a Deus como o Comandante das forças celestiais, verdadeiramente, tem-nO como tal, bem como todo o poder divino operando em seu favor. Além disso, quando nos dirigimos ao Todo-Poderoso como o Deus de Israel, nós O temos como o Cumpridor das promessas feitas ao patriarca Abraão, que é tanto pai dos judeus, fisicamente, quanto nosso, espiritualmente falando.

A Igreja, de modo geral, não tem orado pela visitação divina às nações nas quais a luz do Evangelho ainda não brilhou. Entretanto, a pessoa que vive nessas regiões precisa muito das nossas súplicas, pois nasce, vive e morre sem ter conhecimento do que lhe foi feito por meio da morte e da ressurreição de Jesus. Infelizmente, o que impera nesses lugares é a mais densa treva, e os indivíduos que neles vivem pagam com a vida o simples fato de, por exemplo, mudarem de religião.

É verdade que os pérfidos – traidores, desleais e infiéis – andam por um caminho intransitável (Provérbios 13.15), e o salmista, inclusive, pediu que estes não fossem mais alvos das misericórdias divinas. No entanto, vivemos na Nova Aliança, na qual o Senhor não está destruindo ninguém, mas, sim, salvando. De fato, por vivermos depois do Calvário, hoje o Novo Testamento acrescenta a Deus o título de Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Então, precisamos  contemplar os perdidos com o olhar do Evangelho, pois foram incluídos na grande salvação realizada por Jesus, a menos que não queiram arrepender-se nem voltar para o Todo-Poderoso, porque, então, Deus não terá misericórdia deles. Se continuarem praticando a iniquidade, o destino deles será terrível.

Meu irmão, o melhor que podemos fazer nesta vida é sermos servos de Deus, pois, assim, o Altíssimo poderá usar-nos para o cumprimento dos Seus planos – uns no ministério, outros na vida empresarial ou em outras atividades. Quem tem juízo deve oferecer-se para ser servo do Senhor. No passado, fomos escravos da transgressão e, naquela condição, gemíamos debaixo das mãos do inimigo. Entretanto, agora, libertados do pecado, devemos apresentar-nos para servirmos ao Altíssimo (Romanos 6.22,23), tendo a santidade e os demais atributos divinos como o alvo maior da nossa vida!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Não ignore a justiça de Deus

Alguém da multidão lhe disse: “Mestre, dize a meu irmão que divida a herança comigo”. Respondeu Jesus: “Homem, quem me designou juiz ou árbitro entre vocês?” Lucas 12:13-14

 
Deve ser frustrante para Deus. 

Queremo-lo como autoridade, como juiz e árbitro, para fazer “justiça” para nós. Mas, ignoramos a justiça e autoridade dEle em todo o resto das nossas vidas. 

Será que realmente o queremos como autoridade? Se a resposta for “sim”, então deve ser refletida em submissão a Ele em todas as situações e não só naquelas em que temos algo a ganhar.

Pense nisso,

Um abraço,

IIGD Piraquara

Fonte: www.hermeneutica.com.br

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Consagração

Convite do Missionário R R Soares
Pessoal, o Missionário RR Soares está convocando os irmãos a se consagrar no dia 30 de Novembro (proxima quarta-feira) em favor do Programa Show da Fé.
Ele tem postado as seguintes mensagens em seu Facebook (http://www.facebook.com/rrsoares) conforme podemos ver abaixo:
"Missionário Soares Quem acompanha o Missionário no pgma Show da Fé já sabe que dia 30/11 é dia de consagração, né?"
"Missionário Soares O Missionario convoca todos os irmãos para um jejum em favor do pgma Show da Fé dia 30/11, e pede q todos participem, nem q seja por 1 hora."
"Missionário Soares ‎#JejumShowdaFé Missionário convida toda a #IIGD para um dia de consagração em favor do Show da Fé. Dia 30 de novembro."
Pedimos aos nossos visitantes que façam parte desta Consagração em favor Programa Show da Fé.
Em Cristo, com amor,
IIGD Piraquara
I Corintios 3.8 "Ora, uma só coisa é o que planta e o que rega; e cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho."

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Novo Clipe do Ministério Unção de Deus

Conheça o Clipe Oficial da Musica
"Eu nunca me esqueci de você"

MINISTÉRIO UNÇÃO DE DEUS




Cuidado com o ímpio

"Vindo o ímpio, vem também o desprezo; e, com a ignomínia, a vergonha." (Provérbios 18.3).

O ímpio se dá a conhecer pelo seu desprezo pelas recomendações da Palavra de Deus. Ele conhece a verdade, mas, por alguma razão, não lhe obedece.
Um obreiro que divide uma igreja não tem outra qualificação espiritual que não seja a de ímpio, pois busca o próprio interesse e se insurge contra a verdadeira sabedoria (Provérbios 18.1). A pessoa que acolhe aquele que se mantém na impiedade participa dos pecados dela e, assim, sofre a mesma pena e iguala-se aos que se intrometem em questões alheias.

No momento em que alguém se alia ao ímpio, passa a ser desonrado. Deus, que o honrava até então e fazia valer seus direitos, agora, despreza-o, e, com isso, vem a vergonha. Quem não está bem espiritualmente não consegue os benefícios prometidos àqueles que creem na Palavra e, portanto, experimenta o opróbrio em suas batalhas.

É como uma dona-de-casa que cuidava bem dos filhos, tinha a ajuda dos céus e toda a sua família era gente de bem. Mas, um dia, deixou-se levar por uma conversa marota, algo bem demoníaco, e resolveu deixar sua casa e juntar-se a outro homem. Que lar ela construirá? Os novos filhos, quando souberem do ocorrido, irão obedecer a ela? Possivelmente, ela acrescentará outro erro ao que já cometeu e ainda convidará os filhos do antigo casamento a deixarem o pai para morar com ela.

O Senhor Jesus declarou: E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra (Apocalipse 22.12). Seja fiel em sua chamada! Jesus tem a recompensa para dar a quem faz a vontade divina. Deixar o galardão que durará pela eternidade por qualquer outra aqui na terra é agir como Esaú, o qual perdeu o direito à bênção por um prato de lentilhas (Gênesis 25).

O Pai requer que todos os Seus despenseiros sejam achados fiéis. Por exemplo, o seu dízimo é do Senhor, e não seu. Ninguém tem o direito de lançar mão daquilo que Ele reservou para a manutenção do Seu trabalho. Cuidado! Permaneça fiel para não ser desqualificado! Não deixe que uma mancha seja colocada em sua chamada. Seja leal ao Deus que lhe destinou a uma missão em Sua obra. Fuja da tentação de ser mais sábio que o Senhor e não se envolva com nenhuma peleja de outra pessoa.

Quem tem juízo não se junta ao ímpio, mas fica firme no amor de Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Justiça de Deus


OUVE, SENHOR, a justiça; atende ao meu clamor; dá ouvidos à minha oração, que não é feita com lábios enganosos.” Salmos 17.1.

Davi sabia que nosso Deus não atenderia seu clamor, nem daria ouvidos à sua oração se acaso a Justiça não estivesse diante Dele.

Sabemos que, para que fossemos redimidos, Jesus foi feito Justiça de Deus (I Coríntios 1.30) e hoje está diante do Criador intercedendo por nós (Romanos 8.34).
Mas você já se perguntou para que Ele intercede por nós? Acaso é para ficarmos parados esperando as bênçãos caírem do céu? Ou para ficarmos confortáveis em nossas casas esperando o milagre chegar? Não, Jesus está à direita de Deus intercedendo por nós, até clamarmos concordando com a Palavra do Senhor!
Perceba no texto base desta mensagem que era isso que Davi fazia!

Se fizermos a oração da Fé, de acordo com a Palavra de Deus, estaremos clamando diante de Deus em concordância com a Justiça do Senhor, Jesus.

Nosso Deus não concorda com o pecado, não concorda com a miséria, doenças, solidão ou qualquer outra mazela que traga sofrimento para a vida humana.
Deus só tem coisas boas para seus filhos, nem mesmo pensamentos maus o Senhor tem a nosso respeito (Jeremias 29.11).

Mas para gozarmos das bênçãos de Deus, precisamos ter atitude de filhos de Deus. Precisamos clamar e orar de acordo com a vontade do nosso Senhor, com fé e ousadia. (Efésios 3.12).

Deus sempre concorda com Jesus, sua Justiça.
Agindo assim, podemos ter confiança de que nossa oração não é feita com lábios enganosos, pois estamos fazendo a vontade do nosso Pai.

Então amado, levante-se e clame, ore, participe das reuniões da sua Igreja, comece a agir na Palavra de Deus. Certamente a Justiça falará mais alto diante do Pai a seu respeito.

“Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.” Hebreus 4.14

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Novidades da Graça Filmes


O DIABO NO BANCO DOS RÉUS

Uma batalha espiritual que se passa em um tribunal, O diabo no banco dos réus é um thriller jurídico de alto conceito, que deixará você sem fôlego e vibrando. Por um canal de televisão, o mundo inteiro assiste ao julgamento do século, para ver quem sairá vitorioso. De um lado, Luke O'Brien (Bart Bronsen), um vendedor desanimado que virou estudante de Direito e resolve processar, em 8 trilhões de dólares, o responsável por tudo de ruim que lhe aconteceu. Do outro, o próprio Satanás, que, para se defender, além de aparecer em carne e osso no último dia antes de Luke marcar um julgamento à revelia, tem em sua equipe jurídica os dez melhores advogados do país. O filme conta também com os atores Corbin Bernsen, Campos Shannen e Rebecca St. James, de Desafiando gigantes, além de ter a participação especial do grupo Hillsong.
 
Assista o Trailer

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Conheça o Senhor

Sempre há uma razão para que o poder de Deus não entre em operação quando oramos. O normal é a obra divina ser feita pelo poder divino, tão logo entremos em Sua presença e determinemos a bênção, de acordo com a fé que recebemos por ouvir a Palavra do Senhor. Mas nem sempre isso ocorre. Por quê?

O QUE NOS ATRAPALHA – Dentre as razões que podem dificultar a ação de Deus em nossa vida, está a advertência feita pelo apóstolo João: Aquele que diz: Eu conheço-o e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade (1 João 2.4). No entanto, aquele que afirma que confessa e conhece o Senhor guarda Seus mandamentos.

Quase todos os religiosos, dos mais diversos segmentos, afirmam categoricamente que sabem quem é Deus, mas, na verdade, não O conhecem. Quem afirma que O conhece, mas não guarda Suas ordenanças, não cumpre nem pratica Seus ensinamentos, é rotulado de mentiroso no mundo espiritual. Ora, ter esse título é algo sério, pois a pessoa que o possui não pertence ao Senhor, mas, sim, ao inimigo.

Jesus disse aos judeus que eram bem consagrados à religião, mas não faziam o que Deus lhes mandava: Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira (João 8.44). Quem é mentiroso não pode dizer que conhece Deus, pois é considerado filho do diabo, e quem assim é chamado jamais conhece o Altíssimo. O Pai só Se dá a conhecer aos que sabem o Seu Nome.

CUMPRIDORES DA PALAVRA – O que nos faz conhecedores do Pai é o fato de cumprirmos e guardarmos o que Ele nos ordena. Sabemos aquilo que o Senhor deseja de nós, pois, desde o primeiro dia em que ouvimos a pregação do Evangelho, tivemos o entendimento do que Ele nos destinou que fizéssemos. Deixar de realizar Suas ordenanças é o mesmo que declarar que não cremos nEle nem O conhecemos.

Cumpra tudo o que o Senhor tem determinado como sua missão, para que você experimente o poder divino operando em sua vida e obtenha cura, prosperidade e solução de qualquer problema.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

Batismo nas Águas


Informamos sobre

A ser realizado na Igreja da Graça de Piraquara no dia 11/12/2011, Reunião Especial de Santa Ceia.

Os interessados devem entrar em contato pelo fone (41) 3673-4412 com Pr. Nivaldo, ou pessoalmente à Av. Getulio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - PR.

"Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado."
Marcos 16.16

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

SEGREDOS - Quando o seu passado vem à tona


E se os seus segredos mais íntimos fossem descobertos?
Durante o funeral de Chris Hayden, um cristão considerado exemplo na cidade, nove amigos descobrem o quanto pode ser explosivo quando o passado deles vem à tona.

À medida que aquilo que estava escondido é revelado, a tensão entre os amigos cresce. Jeremy (David A. R. White, de O Arrebatamento I, II e III e Missão Secreta), um ex-pastor de jovens que tenta fugir do seu chamado, encontra-se em um desastroso triângulo amoroso, o qual envolve sua atual noiva e uma antiga namorada.

Enquanto o grupo de amigos discute pontos de vista, paixões pessoais e estilos de vida, Gary (John Schneider, de Os Gatões e Smallville) questiona as crenças de todo mundo. Já o pastor Wexler (Reginald Vel Johnson, de Duro de Matar) os encoraja a não desistirem de seguir a verdade que Chris Hayden viveu.

Segredos é uma história de amor, amizade, redenção e fé. Um filme engraçado e comovente.


Assista o trailer

De certa forma, motivo é tudo.

“Ai de vocês, fariseus, porque amam os lugares de honra nas sinagogas e as saudações em público! Ai de vocês, porque são como túmulos que não são vistos, por sobre os quais os homens andam sem o saber!”. Lucas 11.43-44
 
De acordo com a lei, qualquer contato com um defunto ou até um túmulo tornava a pessoa impura (Num 19:16).

Os líderes religiosos, honrados pela sua suposta santidade, de fato contaminavam todos que entravam em contato com eles.

Embora faziam e ensinavam muitas coisas boas, seus motivos corroíam tudo que faziam.
De certa forma, motivo é tudo.
Não é que o ato errado é justificado pelo motivo certo.
Porém, o maior sacrifício realizado com o objetivo de ganhar atenção (ou merecer salvação) perde todo seu valor.

Foi sobre isso que Paulo escreveu: "Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me valerá." (1 Cor 13:3). O amor ao qual Paulo se referiu não era só carinho para com o próximo, mas, amor a Deus. Amor a Deus reconhece que literalmente toda honra e toda glória pertencem somente a Ele. Senão, acabam alimentando os desejos de outro deus, o deus chamado "eu".

Vamos examinar rigorosamente nossos motivos e objetivos para que sejam voltados para uma coisa só - glorificar ao único Deus.

Sendo assim, no devido tempo, teremos nosso reconhecimento do próprio Senhor como filhos de Deus e herdeiros do Reino dos Céus.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

ATENÇÃO - Reunião Especial Domingo dia 20/11/2011


NÃO DEIXE PASSAR ESTA BENÇÃO!

Igreja Internacional da Graça de Deus - Piraquara - PR
Av. Getulio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - PR
Informações pelo fone: (41) 3673-4412

No Corre-corre - Lançamento Graça Filmes

NO CORRE-CORRE
Uma Stand-Up Comedy de Parar pra Rir

No corre-corre é uma stand-up comedy, apresentada por três dos principais atores cristãos, que compartilham o palco e nos contam suas jornadas pródigas. Mesmo que cada história fale sobre uma experiência pessoal, única, eles tecem juntos, de maneira perfeita, a mais antiga história de todas: a da inútil tentativa de fugir de Deus.

Assista o Trailer

Sendo coerentes

“Insensatos! Quem fez o exterior não fez também o interior? Mas dêem o que está dentro do prato como esmola, e verão que tudo lhes ficará limpo. Ai de vocês, fariseus, porque dão a Deus o dízimo da hortelã, da arruda e de toda a sorte de hortaliças, mas desprezam a justiça e o amor de Deus! Vocês deviam praticar estas coisas, sem deixar de fazer aquelas.”. Lucas 11.40-42

O que é que Deus deve pensar quando somos escrupulosos em dar tudo que devemos a Ele, mas, ignoramos os filhos necessitados dele ao nosso redor? E não é só dinheiro. Será que temos dado o perdão que devemos? Será que temos dado o tempo e a atenção que temos em abundância? Misericórdia, respeito e tratamento justo são todos "moedas" que devemos a todos criados na imagem de Deus. É importante fazer a nossa  contribuição na igreja. Porém, se somos verdadeiros filhos de Deus, daremos também aos outros filhos dEle tudo que nos cabe, que é muito mais que prata e ouro.

Quem, Senhor, habitará na tua tenda? quem morará no teu santo monte? Aquele que anda irrepreensivelmente e pratica a justiça, e do coração fala a verdade; que não difama com a sua língua, nem faz o mal ao seu próximo, nem contra ele aceita nenhuma afronta; aquele a cujos olhos o réprobo é desprezado, mas que honra os que temem ao Senhor; aquele que, embora jure com dano seu, não muda; que não empresta o seu dinheiro a juros, nem recebe peitas contra o inocente. Aquele que assim procede nunca será abalado.” Salmos 15.1-5

Um abraço,

IIGD Piraquara

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A Obra do Senhor será aperfeiçoada

“Tendo por certo isto mesmo: que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo” (Filipenses 1.6).

    
Toda vez que você se sentir tocado pela pregação do Evangelho ou pela leitura bíblica, tenha certeza de que o Senhor deseja dar-lhe algo. Em outras palavras, não perca esse objetivo de vista; lembre-se da promessa, dando glórias a Deus por ela e crendo que Ele é poderoso para fazer o que prometeu (Hebreus 10.23). Na verdade, está em nossas mãos obter ou não aquilo que Deus nos promete, pois, ao fazer a promessa, Ele nos dá o poder de realizá-la (Filipenses 2.13). Então, nesse caso, a responsabilidade de vê-la concretizada é nossa.
    Ninguém conseguirá entender, de um momento para o outro, tudo o que Deus tem. Nos tempos bíblicos, a revelação do Senhor era dada gradualmente; o mesmo acontece conosco. Os planos divinos nem sempre são revelados por completo; somente quando colocamos a “mão na massa” para fazermos o que nos compete, o Senhor amplia a revelação. Ademais, o Altíssimo jamais mudará o método que Ele determinou para nós: andar por fé e não por vista (2 Coríntios 5.7).
    Desde o primeiro dia em que demos ouvidos à pregação do Evangelho, Deus começou a boa obra em nós. Mesmo que nos tenhamos desviado ou esfriado na fé, o Pai não desistiu de nos ver realizando o que Ele determinou. Basta tão somente acreditarmos em Sua Palavra e, decididamente, partirmos firmes para a conclusão do que Ele nos confiou. O Senhor, então, fará o que for necessário para a consecução da Sua vontade.
    A Palavra é clara: o Altíssimo aperfeiçoará a obra iniciada em nós. Isso significa que Ele não quer que façamos as coisas de qualquer jeito, mas, sim, deseja obra sem defeito, feita com a virtude dada por Ele, a qual é perfeita para nos ajudar a honrar o Seu bom Nome. Não deixe o inimigo dizer que você não conseguirá realizar o que lhe foi proposto, mas alegre-se, pois você será vitorioso se fizer a obra como lhe foi apresentada. Jamais cumpra os mandamentos com preguiça ou imperícia, pois, como está escrito, “maldito aquele que fizer a obra do SENHOR relaxadamente!” (Jeremias 48.10a – RA).
    O limite para a realização das obras divinas é o Dia do Senhor Jesus. Enquanto essa data não chega, Deus está à nossa disposição a fim de nos capacitar para o nosso serviço a Ele. Quando o Eterno criou todas as coisas, caprichou no que fez. Depois, examinou a qualidade de sua criação e viu que “tudo quanto tinha feito [...] era muito bom” (Gênesis 1.31). Prepare-se, porque Ele examinará o que fazemos com a ajuda dEle e não ficará satisfeito se o produto não for bom. Deus quer excelência no Seu trabalho, por isso provará todas as nossas obras (1 Coríntios 3.9-15).
    Busque capacitação material e material para realizar o serviço do Mestre. Transforme isso em seu principal motivo de oração. Não deixe o maligno, que é um trapaceiro, dizer que você não obterá êxito na tarefa de anunciar as verdades do Reino. Acorde! O Senhor aperfeiçoará o que Ele começou em você! A obra de Deus em sua vida deve ser um exemplo da maestria divina.

    Em Cristo, com amor,

    R. R. Soares

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Minhas Canções na vos de David Fantazzini


Conheça a canção "Teu Nome é Lindo", a música de trabalho do CD Minhas Canções na Voz de David Fantazzini. Mais um lançamento Graça Music.


Para mais informações, acesse: www.gracamusic.com.br

Sinal

Aumentando a multidão, Jesus começou a dizer: “Esta é uma geração perversa. Ela pede um sinal miraculoso, mas nenhum sinal lhe será dado, exceto o sinal de Jonas. Pois assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, o Filho do homem também o será para esta geração. A rainha do Sul se levantará no juízo com os homens desta geração e os condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão, e agora está aqui quem é maior do que Salomão. Os homens de Nínive se levantarão no juízo com esta geração e a condenarão; pois eles se arrependeram com a pregação de Jonas, e agora está aqui quem é maior do que Jonas.” Lucas 11:29-32


O povo de Nínive e a rainha do Sul não testemunharam grandes milagres ou prodígios. Eles apenas receberam a pregação da Palavra de Deus.
Segundo Jesus, isso foi o bastante para que eles se arrependessem e se convertessem.

A mesma Palavra devia ser o suficiente para todos.

Mas, não foi naqueles dias, e nem hoje. O que é que nós esperamos de Deus? Milagres? Curas? Respostas para todas as nossas perguntas? Deus não nos deve nada disso.

É preciso apenas ouvir Deus falar e confiar na mensagem dEle.

O povo de Deus rejeitou seu Filho enquanto pessoas pagãs, que só adoravam a ídolos creram na mensagem pregada porque era a verdade e elas a reconheceram.
Será que nós a reconhecemos?

Ouça a Jesus. Siga a ele. Obedeça o que ele disser.
Você já tem tudo que precisa.
Você já tem a Verdade em pessoa.

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo e a palavra que O anuncia.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Igreja da Graça de Altaneira: 10.000 Visualizações!!!!!!!

 
É com imensa alegria que divulgamos o Blog da Igreja Internacional da Graça de Deus de Altaneira, o qual recentemente superou a marca das 10.000 visualizações!!!

Recomendamos que você nosso visitante, também prestigie o blog dos nossos irmãos de Altaneira

Faça uma visita e certamente seja abençoado por este belo Ministério que o Senhor Deus levantou.


Festival das Maravilhas - Curas e milagres em Jacarepaguá

Centenas de pessoas participaram do Festival de Maravilhas em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, no dia 21 de outubro. Na reunião, preguei sobre o versículo de Juízes 1.19, que diz: “E estava o Senhor com Judá, e despovoou as montanhas; porém não expulsou aos moradores do vale, porquanto tinham carros de ferro”.
Irmãos, se estamos com o Senhor, assim como Ele esteve com Judá, não devemos temer os carros de ferro (qualquer mal), mas sermos vitoriosos em todas as áreas da nossa vida. E, se existe algum morador do vale em sua mente, expulse-o. Não tema, o Senhor está com você aonde quer que você vá, e Ele vai te dar o sucesso, em nome de Jesus.
Foi lindo ver os testemunhos depois da oração! Várias pessoas disseram estarem curadas de problemas nos braços, visão e ouvidos. Uma senhora, Lenilda de Campos Apolinário, de 65 anos, disse que há cinco sofria com fortes dores no braço direito, que a impediam de dormir.
É muito bom ver o poder de Deus operar, irmãos. Ele é fiel!

R R Soares

A agenda completa do Festival das Maravilhas pode ser acessada no site do evento. 
Fonte: http://www.rrsoares.com.br/blog/

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Domingo da Realização dos Sonhos

Participe da Reunião Especial no Dia 20/11/2011 às 08:00hs e 18:00hs na Igreja Internacional da Graça de Deus de Piraquara

Ministração da Pastora Lígia Geanine

Venha com sua família receber a Oração da Realização!

Avenida Getúlio Vargas, 756 - Centro - Piraquara - PR
Maiores informações (41) 3673-4412

Aparência de vivo estando morto

“Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Isto diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as estrelas:
Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto.
Sê vigilante, e confirma o restante, que estava para morrer; porque não tenho achado as tuas obras perfeitas diante do meu Deus.
Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te.
Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei.
Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram as suas vestes e comigo andarão vestidas de branco, porquanto são dignas.
O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.
Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas.”
Apocalipse 3.1-6

Deus conhece nossas obras e sabe melhor do que ninguém se tem nome de que vivem, sendo mortas.
O versículo 2 nos orienta a sermos vigilantes e consolidar o que pode estar morrendo em nós.
Vemos ainda em Hebreus 6.18-19 o seguinte para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos poderosa consolação, nós, os que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta; a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até o interior do véu; aonde Jesus, como precursor, entrou por nós, feito sacerdote para sempre”.
Devemos ter o cuidado de que não morra em nós a esperança que nos foi proposta, crendo sem a menor sombra de dúvida e guardando a Palavra de Deus (Deuteronômio 6.6), a fim de que sua vontade se manifeste em nossas vidas.

Se estivermos em pecado, tendo aparência de vivos estando já mortos, Jesus nos permitiu o arrependimento e o caminho de volta ao Senhor Deus.

Veja que não sabemos quando o Senhor há de vir (Mateus 24.36). O sopro de vida pertence a Deus, se ele o recolhe, morremos a qualquer tempo.
Como está escrito em Eclesiastes 12.7 “e o pó volte para a terra como o era, e o espírito volte a Deus que o deu.”

Firme seus passos nos caminhos da verdade, “enquanto é dia, vem a noite, quando ninguém pode trabalhar” e não haverá tempo para arrependimentos.

Em Cristo, com amor,

IIGD Piraquara

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Não fique para fora


E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças.
E, chamando um dos servos, perguntou-lhe que era aquilo.
E ele lhe disse: Veio teu irmão; e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo.
Mas ele se indignou, e não queria entrar.
E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem nunca transgredir o teu mandamento, e nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos;
Vindo, porém, este teu filho, que desperdiçou os teus bens com as meretrizes, mataste-lhe o bezerro cevado.
E ele lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas;
Mas era justo alegrarmo-nos e folgarmos, porque este teu irmão estava morto, e reviveu; e tinha-se perdido, e achou-se.” Lucas 15.25-32.

A mensagem de Jesus nos fala a respeito de duas situações distintas, a do filho mais novo que após perder sua herança volta para casa arrependido e do filho mais velho que, apesar de estar servindo ao pai há muitos anos, não gozava dos seus bens.

Na conversa entre pai e filho, notamos que o verdadeiro motivo do filho mais velho não aproveitar o que pertencia ao seu pai, era somente porque ele estava muito sossegado. Em outras palavras, ele não tinha acesso aos bens, porque não tomava posse deles!

Assim acontece com todo aquele que fica sossegado a respeito do que a Palavra de Deus fala.
Procedendo desta maneira, temos direito à herança, aos bens, mas não usufruímos deles.

Mas o Senhor, nosso Pai, não quer que seja assim.

Não se esqueça que Deus, através do nosso Senhor Jesus Cristo já nos abençoou com todas as bênçãos (Efésios 1.3).

“Tudo que é do Pai é do filho”, creio que esta é uma grande lição que o texto nos ensina.

Se por acaso não estamos vivendo as bênçãos do nosso Pai, pode ser que estamos agindo como o irmão mais velho que não tinha porque não pedia.
Jesus mesmo disse: “Pedi, e dar-se-vos-á” (Lucas 11.9).

Se não tomamos posse do que é nosso, não é o Pai que nos põe para fora da benção, mas nós mesmos é que acabamos escolhendo ficar fora da Graça.

Pense nisso,

Um abraço,

IIGD Piraquara.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Um exemplo a seguir


"Num memorável dia, antes do nascimento de Hudson, o primogênito da família, o pai procurou a sua esposa para conversar sobre uma passagem das Escrituras que o im­pressionava profundamente. Na sua Bíblia leu para ela uma parte dos capítulos 13 de Êxodo e 3 de Números: "Santifica-me todo o primogênito... Todo o primogênito meu é... Meus serão... Apartarás para o Senhor..."
Os dois conversaram muito tempo sobre o gozo que es­peravam ter. Então, de joelhos, entregaram seu primogêni­to ao Senhor, pedindo que desde já ele o separasse para a sua obra.
Tiago Taylor, o pai de Hudson, não somente orava fer­vorosamente por seus cinco filhos, mas ensinou-os a pedi­rem detalhadamente a Deus todas as coisas. Ajoelhados, diariamente, ao lado da cama, o pai colocava o braço ao re­dor de cada um enquanto orava insistentemente por ele. 
Desejava que cada membro da família passasse, também, ao menos meia hora, todos os dias, perante Deus, renovan­do a alma por meio de oração e estudo das Escrituras.
A porta fechada do quarto da sua mãe, diariamente ao meio-dia, apesar das suas constantes e inumeráveis obri­gações, tinha também grande influência sobre todos, pois sabiam que ela, assim, se prostrava perante Deus para re­novar suas forças e para que o próximo se sentisse atraído ao Amigo invisível que habitava nela.
Não é de admirar, portanto, que, ao crescer, Hudson se consagrasse inteiramente a Deus. O grande segredo do seu incrível êxito é que em tudo que carecia, no sentido espiri­tual ou material, recorria a Deus e recebia dos tesouros in­finitos."

Este é um trecho da biografia de Hudson Taylor, chamado de "O Pai das Missões no Interior da China".
A Fé deste homem o ajudou a ganhar inúmeras almas para Cristo durante sua vida de devoção ao povo Chinês. 
A história de sua vida dedicada ao serviço do Senhor é um exemplo que podemos seguir sem medo.

Mas isso não seria possível sem que ele tivesse recebido de seus pais o exemplo de dedicação e intimidade com o Senhor Deus.

Sua vida foi ministrada primeiro em casa, onde Deus iniciou uma obra que continuou com a salvação de milhares de vidas.
Diante deste panorama, eu me pergunto neste dia, qual o tipo de influência que estamos tendo sobre nossos familiares e filhos?
Aqueles que vivem a minha volta, estão sendo ministrados pela minha vida?
A minha maneira de ser tem potencializado a vida dos meus filhos para que eles venham a ser uma grande benção no futuro?

Ou será que meus atos tem sido um mau testemunho para aqueles que me cercam?

Convido você a meditar a respeito destas coisas.

Creio que se nos esforçarmos para seguir os passos de Jesus, como no exemplo da família Taylor, teremos grandes histórias para serem contadas no futuro a respeito da nossa descendência.

"Louvai ao Senhor. Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor, que em seus mandamentos tem grande prazer! A sua descendência será poderosa na terra; a geração dos retos será abençoada." Salmos 112.1-2
 
Um abraço,

IIGD Piraquara.

Citação do Livro: Os Heróis da Fé - Orlando Boyer
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores