terça-feira, 18 de outubro de 2011

8º Fruto – Mansidão

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;” Mateus 5.5.

É curioso que, quando pensamos em mansidão, ou em alguém manso, logo imaginamos alguém muito humilde, ou indefeso, que aceita tudo o que o mundo lhe impõe.
Mas ao pensar assim, estamos ligeiramente enganados. Ser manso, não significa concordar com tudo.

Veja como nosso mestre Jesus agiu, Ele foi manso e humilde de coração (Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” Mateus 11.29), mas isso não o impediu de expulsar os cambistas do templo (E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas” Mateus 21.12).

E Moisés, o homem mais manso da terra (“E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra” Números 12.3), ele se irritou com a idolatria do povo (E aconteceu que, chegando Moisés ao arraial, e vendo o bezerro e as danças, acendeu-se-lhe o furor, e arremessou as tábuas das suas mãos, e quebrou-as ao pé do monte; E tomou o bezerro que tinham feito, e queimou-o no fogo, moendo-o até que se tornou em pó; e o espargiu sobre as águas, e deu-o a beber aos filhos de Israel” Êxodo 32.19-20).

Os exemplos acima não parecem atitudes de pessoas mansas não é mesmo? Não da maneira como nós imaginamos serem os Mansos.

Vemos aqui que, ser manso é ter atitude de mansidão, mas não é, de maneira alguma, ser inoperante ou improdutivo.
Nossos exemplos acima eram, sem dúvida alguma, pessoas mansas, mas isso não significa que ficariam inertes diante do mal.

Ora, o Fruto da Mansidão manifesta-se em nós, na maneira como agimos guiados pelo Espírito Santo, com sabedoria, sem que sejamos indefesos, inoperantes ou apáticos, nem tampouco “encrenqueiros” ou “nervosinhos”.

O Fruto da Mansidão faz com que tenhamos reações com propósito correto. Sendo mansos, porém não deixando de agir no momento que é necessário.

O melhor começo para desenvolvermos o Fruto da Mansidão é seguir o que diz a Palavra de Deus:

“E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor; Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade,” II Timóteo 2.24-25

Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda a mansidão para com todos os homens.” Tito 3.2.

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.” Tiago 3.13.

"Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;" (Colossenses 3.12)

"Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas." (Tiago 1.21)

"Antes, santificai ao SENHOR Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós," (I Pedro 3.15)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores