sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Pronto para agir



VERSÍCULO
Jesus foi enviado para os judeus, e não os gentios, como os
habitantes de Tiro e Sidom. Quando ele falou sobre isso não foi
para desprezar, mas, para diferenciar a prioridade. O termo
"cachorrinhos” era uma expressão popular que os judeus usavam para
os gentios. O termo grego se referia aos animais caseiros de
estimação. Jesus provavelmente estava falando assim porque era o
que a mulher esperava dele. Também serviu para que, dentro de uma
situação familiar, ela pudesse demonstrar que tipo de fé ela tinha.
Jesus estava pronto para todo tipo de situação. Para Jesus, o
planejado e o inesperado forneciam igualmente momentos oportunos.
Será que nós estamos atentos para momentos inesperados? Estamos
prontos para situações até incômodas para compartilhar nossa fé? Se
estamos, não há limite para aquilo que Deus pode fazer através de
nós. Ore agora para aquele momento durante o dia quando Deus vai
lhe dar uma oportunidade inesperada.

Às vezes, são os melhores momentos para deixar Jesus agir através de nós
.

Jesus saiu daquele lugar e foi para os arredores de Tiro e de
Sidom. Entrou numa casa e não queria que ninguém o soubesse;
contudo, não conseguiu manter em segredo a sua presença. De fato,
logo que ouviu falar dele, certa mulher, cuja filha estava com um
espírito imundo, veio e lançou-se aos seus pés. A mulher era grega,
siro-fenícia de origem, e rogava a Jesus que expulsasse de sua
filha o demônio. Ele lhe disse: “Deixe que primeiro os filhos comam
até se fartar; pois não é correto tirar o pão dos filhos e lançá-lo
aos cachorrinhos”.
Marcos 7:24-27

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores