sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Somos Predestinados

"Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade"
Efésios 1.11

A Bíblia discorre muito sobre quem somos por seguirmos Jesus Cristo. Se você estudar as características de um cristão, irá surpreender-se, pois um de seus atributos é ser predestinado. Esse termo, que foi mal compreendido durante a história da igreja, significa que fomos marcados desde o início para sermos santos e irrepreensíveis perante ele (Efésios 1.4) como grupo, e não como indivíduos.

A queda de Adão fez com que o homem perdesse muitos privilégios, como, por exemplo, a visita que o Criador lhe fazia na viração do dia. Mas, da mesma forma, com a vinda de Jesus, o homem recebeu muitas bênçãos: foi feito filho de Deus, herdeiro Seu e co-herdeiro com Cristo (Romanos 8.17), além de ministro da Nova Aliança. Isso significa que ele é propriedade particular do Senhor.

Muito nos surpreende saber que somos tantas maravilhas em Cristo. Contudo, as bênçãos do Senhor não param por aí. Diz a Palavra de Deus: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam (1 Coríntios 2.9). Em Cristo, somos tudo em todas as coisas.

É importante sabermos que fomos predestinados. Em Sua sabedoria, o Senhor previu o que aconteceria e nos predestinou a sermos dEle. Isso não quer dizer que Ele escolheu uns para fazerem a vontade do inimigo e, depois, serem salvos, ou que separou outros para obterem a salvação, não importa o quanto tenham errado. Isso Ele não fez! Como Deus é amor (1 João 4.8 – ARA), Ele criou o plano da salvação da seguinte forma: quem dá ouvidos à Sua Palavra é salvo, recriado em Cristo e tem todas as bênçãos aqui mencionadas e as que ainda irá descobrir, tanto nessa vida quanto na eternidade.

A predestinação tem sido mal interpretada desde a primeira igreja cristã. Já se chegou a dizer que uns foram feitos para serem maus elementos e irem para o inferno, enquanto outros até suplantariam aqueles em erro, mas, ainda assim, seriam alcançados pela graça e herdariam a salvação. Não posso conceber que um Deus santo, o qual é amor, tenha feito a criação desse jeito. Ao contrário, as Escrituras declaram que Ele não quer que ninguém se perca (2 Pedro 3.9). Por isso, se os defensores dessa tese estivessem certos, Paulo estaria errado. Se Deus fez a escolha antecipadamente, por que declararia o contrário em Sua Palavra?

Em Cristo, somos a herança de Deus, e tudo o que somos nEle se deu pelo conselho da Sua vontade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores